Variações entrou nos cinemas portugueses a bater recordes, de acordo com os números divulgados este domingo (25) pelo Telejornal da RTP. O informativo da estação pública avança que, só no dia em que estreou, o filme de João Maia levou logo 12.406 espectadores às salas portuguesas. Um valor que, nos primeiros quatro dias se aproximou dos 50.000 espectadores, tornando Variações a película mais vista deste fim-de-semana, superando Era Uma Vez… em Hollywood, O Rei Leão e Assalto ao Poder.

O filme biográfico levou às salas um total de 49.005 espectadores, enquanto Assalto ao Poder se ficou pelos 48.530. Seguiram-se Era Uma Vez… em Hollywood (34.024) e O Rei Leão (28.365).

Lê também: Crítica. ‘Variações’: A procura pelos sonhos perdidos

O canal estatal fala em várias sessões esgotadas e sublinha que desde 2016 que nenhum filme português liderava os números de um fim-de-semana. De acordo com os dados do Instituto do Cinema e Audiovisual a que o Espalha-Factos teve acesso, o último filme a conseguir tal feito foi A Canção de Lisboa, em julho de 2016. Liderou as bilheteiras durante apenas um fim-de-semana, mas com menos de 35.000 espectadores.

Variações, que já é a melhor estreia nacional do ano, deverá saltar assim para o primeiro lugar entre as produções portuguesas estreadas em 2019, até agora liderado por Snu. O filme acerca da editora dinamarquesa levou 82.366 espectadores às salas.

Artigo atualizado às 14h24 de 26/08/2019 com informações retificadas pelo ICA. Os números inicialmente avançados pela RTP eram imprecisos.