Os The Prodigy partilharam uma fotografia nas redes sociais a revelar que estão de regresso aos estúdios de gravação. A banda britânica está assim a preparar um novo disco, que será o oitavo na carreira, continuando o trabalho após a morte do frontman Keith Flint em março deste ano.

Depois de vários meses de interregno, sem saber se a banda ia continuar, os The Prodigy fizeram agora com que quaisquer dúvidas dos fãs dissipassem. O grupo de electrónica, composto agora por Liam Howlett e Maxim, desvendou no Instagram, que já “estão de regresso ao estúdio a fazer barulho”. Ainda não há informações sobre o nome do disco e a sua repectiva data de lançamento.

Esta incursão pelo estúdio é, aparentemente, a primeira que os The Prodigy fazem desde a morte do colega Keith Flint. O mais recente álbum dos britânicos, No Tourists, foi editado em novembro do ano passado. A banda iria depois embarcar numa digressão mundial, sendo que não chegou a fazê-lo devido às circunstâncias trágicas.

Com 49 anos, Keith Flint foi encontrado sem vida na sua casa no dia 4 de março. Poucos dias depois, as autoridades confirmarem que o incidente se tratou de um suicídio.

‘Firestarter’, ‘Breathe’ e ‘Voodoo People’ são alguns dos maiores êxitos da banda inglesa que, em 2020, completam 30 anos de carreira.