Duas controversas temporadas depois, 13 Reasons Why continua a dar que falar e agora, depois de se despedir de Hannah Baker, há um novo mistério para desvendar. Bryce Walker é a nova vítima e a sua morte está rodeada de mistério, numa terceira parte que já começa a dar que falar ainda antes da estreia, marcada para esta sexta feira (23 de agosto).

O texto que se segue contém spoilers de ’13 Reasons Why’

A revelação do primeiro trailer da série da Netflix trouxe de volta o hype que muitos pensavam que esta terceira temporada da polémica produção não iria ter ao revelar, de forma inesperada, a morte de um dos seus personagens mais controversos.

É certo que alguém em Liberty High decidiu fazer justiça pelas próprias mãos, mas, na realidade, qualquer um pode ser culpado; todos os elementos do elenco parecem ter um motivo pelo qual o teriam feito. A questão prende-se: Quem matou Bryce Walker?

O final da segunda temporada

O desfecho da segunda parte de 13 Reasons Why  pode ser crucial para os eventos que se desenrolam na terceira temporada. No último episódio, Tyler Down (Devin Druid) foi brutalmente violado por Montgomery de la Cruz (Timothy Granaderos), numa das cenas mais controversas de toda a produção.

O evento traumático leva Tyler a tomar a decisão de levar uma arma para o baile de primavera de Liberty High para se vingar dos acontecimentos anteriores, provavelmente através de um tiroteio. No entanto, Clay Jensen (Dylan Minette) consegue travar o ato e convence Tyler a entregar-lhe a sua arma, que fica nas mãos do protagonista quando a polícia começa a chegar ao local.

O final da temporada também viu Bryce Walker (Justin Prentice) ser ilibado de uma pena maior, recebendo três meses de liberdade condicional, mesmo que o júri tenha ouvido várias provas de que o jogador teria violado Hannah Baker (Katherine Langford) e Jessica Davis (Alisha Boe).

Mas Bryce não escapou. O que acontece na terceira temporada?

Nesta terceira parte, ClayTony (Christian Navarro), Jessica, Alex (Miles Heizer), Justin (Brandon Flynn) e Zach (Ross Butler) encontram formas de partilhar o fardo do encobrimento que realizaram para ajudarem Tyler a recuperar dos eventos traumáticos da última temporada.

13 reasons why

Clay, Tony e os restantes personagens ajudam Tyler a recuperar do trauma dos meses anteriores. (Fotografia: David Moir/Netflix)

Depois de um jogo de homecoming, um jogador – ao que parece, Bryce – desaparece e inicia-se uma investigação policial que ameaça revelar os segredos obscuros de cada um, a qual um desconhecido (provavelmente Ani, a nova aluna na escola) ajuda o grupo a ultrapassar. Nesta terceira temporada, os riscos são elevados e até as consequências das ações mais bem-intencionadas podem alterar uma vida para sempre.

Mesmo com um mistério obscuro para resolver, a terceira parte de 13 Reasons Why será, segundo os criadores, menos controversa que as suas antecessoras. Em entrevista ao The Radio Times, Timothy Granaderos, que interpreta Montgomery de la Cruz e protagonizou uma das cenas mais controversas da segunda temporada, refere que parece “uma série nova,” com um foco relativamente diferente. “Há definitivamente cenas que são loucas, mas não acho que irão perguntar se haverão cenas removidas desta vez,” acrescenta o ator.

No entanto, espera-se que a trama continue a trazer à luz temas importantes como forma de sensibilização, como as consequências do suicídio (tema da primeira temporada que sobrevoa os restantes), bullying, assédio sexual, violência escolar e as consequências de atos que não são devidamente pensados, embora de uma forma diferente.

Pelas críticas realizadas à violência gráfica de algumas das cenas mostradas nas duas primeiras temporadas, os realizadores tomaram algumas precauções. Numa primeira fase, por causa das acusações da romantização do suicídio e depressão, a Netflix incluiu uma mensagem antes de cada episódio, onde o elenco alerta para a importância do apoio neste tipo de casos.

Recentemente, o serviço de streaming também editou e retirou a cena de suicídio de Hannah Baker no último episódio da primeira temporada, depois de recorrer a especialistas na temática. Na nova versão, há um salto entre o momento em que Hannah decide o que vai fazer e a altura em que os pais encontram o cadáver. Depois desta decisão, a terceira temporada não irá representar outro suicídio.

Lê também: RuPaul’s Drag Race regressa com duas novas temporadas

A necessidade de uma terceira (e quarta) temporada

O anúncio da renovação de 13 Reasons Why para uma terceira temporada ficou envolvido em polémica, com muitos dos espetadores a criticarem a falta de necessidade de mais partes de uma história que, para vários, se deveria ter ficado pela primeira parte.

Um dos principais motivos foi o facto de Hannah Baker, a personagem à volta da qual as duas primeiras temporadas rondaram, não voltar para mais episódios depois da sua parte da história estar (parcialmente) resolvida. No entanto, Bryan Yorkey, criador da série, considera que a existência de mais partes na série é relevante.

É uma questão de; há mais história para ver? Queremos ver estas crianças não só a recuperar, mas também perceber como incluem nas suas vidas tudo o que aprenderam sobre aquilo por que passaram,” referiu o criador num painel do evento Netflix For Your Consideration ainda no ano passado.

hannah-baker

Hannah Baker não irá regressar na terceira temporada de ’13 Reasons Why’. (Fotografia: Netflix)

Mesmo com a ausência de Hannah e da trama que deu mote a todos os acontecimentos que agora se podem desenrolar, Yorkey refere que “o que aconteceu a Hannah vai sempre ser a primeira cláusula da história. O resto é sobre jovens (…) que aprendem como se curar do que os magoou, como fazer do mundo o que querem que seja, não apenas o mundo em que habitam… E, acima de tudo, como tomar conta uns dos outros.”

Apesar das críticas, já há uma quarta temporada confirmada, que será também a última da série. A próxima leva de episódios, que ainda não tem uma data de estreia prevista, já está em produção e irá mostrar a cerimónia de formatura do elenco principal em Liberty High.

Quem matou Bryce Walker?

Na primeira temporada, foi revelado através das cassetes que Bryce abusou sexualmente de Hannah Baker e da sua amiga Jessica. Na segunda, observa-se o lado do personagem sobre estes acontecimentos, mostrando a sua marcada história de vida e a posição de poder em que se encontrava.

Agora, Bryce Walker é a nova vítima. No entanto, qualquer um poderá ter sido o culpado da sua morte.

Clay Jensen
13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

Sendo o protagonista da trama, o personagem de Dylan Minette é o foco desta história e o trailer final da terceira temporada de 13 Reasons Why gira à volta da sua visão e da possível culpa de Clay pela morte do jogador, tornando-o um suspeito principal; dá-se a entender que sabe mais sobre a morte de Bryce do que quer revelar, chegando a ser confrontado pelas autoridades.

É verdade que ClayBryce sempre tiveram uma relação complicada, com a revelação da violação a Hannah e o espancamento depois do protagonista ter gravado a confissão do ato, bem como a raiva decorrente da pena de trabalho comunitário mesmo existindo provas dos ataques sexuais de Bryce.

Contudo, o final da segunda temporada pareceu travar o espírito vingativo de Clay, que deixou Hannah ir e parecia entrar em paz. Mesmo que não tenha sido o culpado, fica claro nas primeiras imagens que sabe de alguma coisa acerca do que se passou, ao dizer a Ani (Grace Saif), uma nova aluna em Liberty High, que o mundo está melhor sem Bryce por perto.

Jessica Davis
13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

Esta opção parece menos provável, uma vez que Jessica parece ter encontrado uma forma de lidar com o passado através de algum tipo de trabalho de ativismo, mas não podemos esquecer a história conturbada no que toca à presença de Bryce na sua vida.

Além de ter sido violada pelo colega na primeira temporada, Bryce envergonhou Jessica publicamente através de slutshaming para se tentar ilibar das acusações de assédio por parte da amiga de Hannah. Apesar de tudo o que aconteceu, foi a tribunal e apresentou provas dos atos cometidos, num julgamento que acabou, mesmo com estes testemunhos, com um aviso e a condenação a três meses de trabalho comunitário, uma conclusão que poderia despertar algum tipo de raiva em Jessica nos meses seguintes.

 

Justin Foley
13 Reasons Why

(Fotografia: Netflix)

Depois de não ter parado Bryce quando este violou Jessica, na altura a sua namorada, Justin acabou por desencaminhar-se e na segunda temporada observou-se a situação em que se encontrava, sem teto e viciado em drogas. Apesar de finalmente estar no caminho de recuperar deste estado depressivo, não deixa de ser um dos principais suspeitos se o seu amor por Jessica e o ódio pelas ações de Bryce entrarem na fotografia.

 

Alex Standall Montgomery de la Cruz

Tal como JustinAlex também tem sentimentos por Jessica, o que poderia indicar alguma procura por vingança. Além disso, o trailer mostra Alex a dirigir-se violentamente a Montgomery de la Cruz, um dos principais amigos de Bryce. Estariam a discutir sobre quem o poderia ter feito?

Quanto a Montgomery, sendo um dos melhores amigos da vítima, não parece ter grandes motivos para o assassinar, uma vez que era um dos seus principais apoios mesmo durante as revelações mais controversas. Aliás, acabou por ter atitudes semelhantes, embora com Tyler. Mesmo assim, algo poderia ter acontecido. Problemas no paraíso?

13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

 

  
  
  
  
  
  
  
  
  
Chlöe Rice Zach Dempsey
13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

cheerleaderit girl de Liberty High, foi apresentada na segunda temporada como a nova namorada de Bryce. Apesar de todas as controvérsias à volta do jogador, Chlöe (Anne Winters) não parecia ver a realidade, até que tudo mudou quando percebeu que Bryce a tinha violado durante o sono. A situação piorou quando descobriu que estava grávida e, mesmo assim, decidiu ficar do lado do namorado e não testemunhar em tribunal.

Segundo as primeiras imagens da terceira temporada, Chlöe parece ter decidido manter a gravidez, o que pode ter sido uma das causas para ser suspeita devido a potenciais desentendimentos face a esta decisão entre os membros do casal ou a outras atitudes tóxicas de Bryce.

13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

Além disso, o trailer revela que esta se encontra numa nova relação com Zach Dempsey, um dos antigos amigos de BryceZach terminou a sua amizade com Bryce durante a segunda temporada, incapaz de lidar com os comportamentos e constantes revelações dos atos que o último cometeu. Apesar de ter estado brevemente envolvido romanticamente com Hannah, o foco pode ser o ar de culpa que aparenta ao estar envolvido com Chlöe, que, tendo ultrapassado a morte do ex-namorado rapidamente, poderia estar envolvida nesta morte juntamente com Zach.

 

Tony Padilla

13 reasons whyNa verdade, não há muitos motivos pelos quais Tony poderia ter matado Bryce. Apesar da proximidade a Clay, um dos principais suspeitos, e das constantes ofertas de cobertura e apoio neste tipo de situações (incluindo esta, como se vê no trailer), Tony não tem razões pessoais aparentes para cometer este assassinato, mesmo com o seu temperamento de fácil provocação

O mais provável dentro dos vários cenários possíveis é que pudesse ter oferecido ajuda a alguém para encobrir esta morte. As suspeitas levantam-se quando no trailer se vê Tony junto a Justin e a Tyler a entrar para um carro com ar preocupado com algo; quem sabe, com a morte de Bryce.

 

Tyler Down
13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

Afinal de contas, Tyler foi um dos personagens que mais sofreu nas mãos dos bullies ao longo de ambas as temporadas, com o limite a ser atingido com a violação por parte de Montgomery (um dos amigos de Bryce, parte do seu grupo). O final da segunda temporada viu Tyler a atingir um ponto de desespero, planeando disparar sobre os colegas de escola no baile de primavera, ação travada a tempo por Clay e que encerrou a história até ao momento.

Os maus tratos de que sofreu podem ter sido a gota de água para que Tyler perdesse o controlo e tomasse uma atitude deste calibre. Além disso, a entrada no carro com TonyJustin continua a parecer suspeita e uma união relativamente improvável.

 

Ani Achola

Se este nome não é familiar, é normal. Ani Achola (Grace Saif) é uma nova personagem, introduzida nesta temporada para colmatar a falta de uma protagonista feminina (após a saída de Hannah) e que será possivelmente a narradora desta temporada, de acordo com o trailer oficial.

13 reasons why

(Fotografia: Netflix)

Ani é a nova aluna de Liberty High e é a única personagem que não teria o mínimo motivo para estar envolvida na morte de Bryce. Mas, ao que parece, está ligada a este acontecimento até um ponto, uma vez que deverá ser a desconhecida que ajuda o grupo a ultrapassar as possíveis consequências da investigação que se inicia após o assassinato.

Além disso, o trailer mostra Ani a lavar sangue de uma camisola, levando a pensar que pode estar mais envolvida do que parece. Ainda, quando Clay é detido pelas autoridades por um motivo ainda desconhecido, olha para Ani de forma suspeita, uma vez que se aproxima deste, de Jessica e dos restantes membros deste grupo após os acontecimentos.

Não se sabe se Ani veio de fora ou se já vivia na área e só agora surgiu na trama, esta última opção podendo refletir alguma ligação oculta com Bryce. Independentemente, Ani parece saber mais sobre o que se passa em Liberty High do que uma pessoa que acabou de chegar e apenas observou o pós-acontecimentos – no trailer, revela ao inspetor como os alunos da escola estão todos “ligados pelos seus segredos” e que, nas “circunstâncias certas, com a motivação certa, qualquer um poderia ter feito isto.”

13 reasons why

Ani parece estar mais envolvida neste caso do que parece. (Fotografia: Netflix)

A terceira temporada de 13 Reasons Why estreia esta sexta feira, 23 de agosto. As duas primeiras temporadas da série, que já tem uma quarta confirmada, estão disponíveis no catálogo português da Netflix.

Lê também: Elite. Mentiras e novos conflitos no trailer final da segunda temporada