A Câmara Municipal de Amares, no distrito de Braga, decidiu, esta terça (13), atribuir, a título póstumo, a medalha municipal de mérito, grau ouro, a António Variações. Se fosse vivo, o artista português celebraria, em 2019, 75 anos de vida.

Natural da freguesia de Fiscal, António Variações foi distinguido pela Câmara de Amares. “De grande tenacidade e vontade determinada, destacou-se em vida pela sua criatividade e pelo seu pensamento livre. Depois da sua morte, transformou-se num símbolo de liberdade, de criatividade e de determinação“, refere a proposta da instituição municipal.

No mesmo comunicado, a Câmara Municipal salienta ainda que Variações continua, nos dias de hoje, a ser “um nome acarinhado e recordado com saudade” no panorama musical português. “As letras de algumas das suas canções levam-nos a um imaginário afetuoso e vivo, de uma poética em que nos revemos”, sublinha.

O ano do Variações

Este ano, a vida e obra de António Variações tem sido celebrada. Durante as Festas de Lisboa, aconteceu um concerto de homenagem nos Jardins de Belém, no qual participaram artistas como Conan Osiris, Selma Uamusse e Ana Bacalhau.

Já a partir do próximo dia 22 de agosto, os cinemas portugueses vão exibir Variações, um filme biográfico do músico realizado e produzido por João Maia. Sérgio Praia será o ator que interpretará António Variações no grande ecrã.

Podes espreitar a crítica do Espalha-Factos, aqui.