A Netflix lançou esta quarta-feira (14) o trailer final da terceira temporada de 13 Reasons Why, cujos novos episódios chegam a 23 de agosto à plataforma de streaming.

No novo conjunto de episódios, que tem sido muito antecipado, o foco central é a morte de Bryce Walker. No rescaldo de terem evitado que Tyler perpetrasse um massacre, Clay, Tony, Jessica, Justin e Zach encontram maneira de lidar com esse fardo enquanto encaminham o amigo para a recuperação. No entanto, depois de um tumultuoso jogo de boas-vindas que termina com o desaparecimento de um jogador, Clay é investigado pela polícia.

Cabe a uma estranha guiar o grupo na investigação que pode revelar segredos ainda mais profundos de todas as personagens. A nova temporada, cujo tom é mais tenso e obscuro que o das anteriores, contará ainda com novos atores, como Timothy Granaderos, Anne Winters, Steve Weber, Brenda Strong, Amy Hargreaves e Grace Saif.

Além do trailer agora revelado, esta terça-feira (13) foram também publicadas as primeiras imagens da nova temporada, que mostram o ambiente geral depois do homicídio de Bryce.

Série controversa pela abordagem do suicídio

Este ano, um estudo publicado na Revista da Academia Americana de Psiquiatria Infanto-Juvenil concluiu que a transmissão da série coincidiu com um grande aumento de suicídios entre os jovens com idades entre os 10 e os 17 anos. O retrato realista do suicídio de Hannah Baker foi citado pelos especialistas como sendo um particular fator de risco. Os investigadores sublinharam que apenas podem apontar correlação e não causa, mas este foi um fator suficiente para aprofundar a conversa em torno do impacto potencial da série, que já tinha sido iniciado por altura da sua estreia, em 2017.

Vários jovens disseram-nos que 13 Reasons Why os encorajou a iniciar conversas sobre assuntos delicados como a depressão e o suicídio e a procurar ajuda – em muitos casos pela primeira vez“, reagiu a Netflix em comunicado. “Dado que nos preparamos para lançar a terceira temporada este verão, temos estado atentos ao debate em curso acerca da série. E, então, depois de nos aconselharmos com especialistas, (…) decidimos editar a cena da primeira temporada em que a Hannah tira a própria vida“, acrescentam.