Um contrato de quase 200 milhões de euros leva David Benioff e D. B. Weiss, os criadores da série Game of Thrones, para a Netflix. O fecho do negócio, que os leva a escrever, produzir e realizar novas séries e filmes para a plataforma de streaming, surge depois de seis diferentes estúdios terem disputado o “passe” da dupla.

Este acordo representa mais uma vitória significativa para a empresa de conteúdos, depois de ter conseguido selar acordos semelhantes com Ryan Murphy, o nome responsável por séries como Glee e American Horror Story, e Shonda Rhimes, autora de Anatomia de Grey e Scandal.

Numa discussão que se iniciou ainda durante o período em que estavam a finalizar a última temporada de Game of Thrones; Warner, HBO, Disney, Amazon, Apple e Comcast fizeram ofertas a Benioff e Weiss, que, diz a Deadline, assinaram uma permanência de cinco anos na Netflix, depois de terem passado uma década dedicados a Westeros na HBO.

A “força criativa” junta-se a algo “sem precedentes

Estamos entusiasmados por receber os mestres do storytelling David Benioff e Dan Weiss na Netflix. Eles são uma força criativa e deliciaram audiências em todo o mundo com a sua série épica. Não podemos esperar para ver o que é que a imaginação deles vai ser capaz de trazer aos nossos subscritores“, afirmou Ted Sarandos, diretor de conteúdos da plataforma de streaming, em declarações enviadas à comunicação social.

A dupla milionária descreveu as negociações como “muitas horas de conversa com a Cindy Holland e o Peter Friedlander, e também com o Ted Sarandos e o Scott Stuber“, onde perceberam que partilham o gosto pelos “mesmos planos de filmes dos anos 80, os mesmos livros” e estão excitados “sobre as mesmas novas possibilidades de contar histórias“. Além disso, consideram, “a Netflix criou algo espantoso e sem precedentes, e estamos honrados que nos tenham convidado para nos juntar a eles“, adianta a Deadline.