Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw, spin-off da saga que estreia esta quinta-feira (1) nos cinemas nacionais, não vai estar nas salas da NOS, a maior exibidora de cinema do país.

Em resposta aos comentários no Facebook, a NOS Cinemas explica que “infelizmente, o filme Velocidade Furiosa: Hobbs & Shaw não vai ser exibido nas salas de cinema da NOS, pois o estúdio do filme (a Universal) impôs condições comerciais que a NOS não pôde aceitar“.

Na mesma resposta, que tem sido dada aos vários fãs da saga, é informado que as duas partes não chegaram a acordo para a exibição, que ficará assim reservada às outras salas, como as da UCI, Cineplace ou Cinema City. A Universal Pictures tem atualmente distribuição garantida pela NOS Lusomundo Audiovisuais, o que torna o caso ainda mais insólito.

Velocidade Furiosa é uma das sagas mais rentáveis do cinema. Em Portugal, o oitavo filme, lançado em 2017, levou aos cinemas mais de 780 mil espectadores, com receitas de bilheteira na ordem dos quatro milhões de euros. O sétimo filme, que estreou em 2015, é o quarto filme mais visto dos últimos 15 anos no nosso país, com 832.800 espectadores.

No nono filme da franquia, o polícia Luke Hobbs (Dwayne Johnson) junta-se ao criminoso e antigo mercenário Deckard Shaw (Jason Statham) para combater um terrorista geneticamente melhorado, Brixton Lore (Idris Elba) que tem força sobrehumana.