Agosto é por excelência o mês marcado por regressos a casa. O catálogo da Netflix Portugal vai também ficar mais rico na página do calendário que mais cheira a verão.

O mês arranca com Dear White People: Volume 3A comédia satírica que explora o racismo nos Estados Unidos vê a terceira temporada exibida dia 2 de agosto.

A fórmula de seguir um personagem em particular com mais atenção em cada episódio vai continuar mas há novas caras em Winchester.  Laverne Cox, Yvette Nicole Brown, Blair Underwood e Flavor Flav são alguns dos nomes que reforçam o elenco de Dear White People. 

A terceira temporada vai ver o narrador tornar-se parte da ação, explorar a Order of X e apesar de estrear no verão vai trazer o florescer de novos romances e novos problemas, bem ao estilo da primavera.

Também a 2 de agosto estreia na Netflix a segunda temporada de Derry Girls.

As Telefonistas trazem a revolução feminina e um crime para resolver

Antes d’A Casa de Papel e de Elite, houve As Telefonistas. A primeira série original espanhola da Netflix vai já entrar na quarta temporada.

Desta feita nos anos 30, estas mulheres de armas vão ter que lutar por ver os seus direitos reconhecidos numa época que aqui ao lado ficou marcada pela primeira República.

Temas como o estigma do divórcio e o acesso aos centros de poder vão ser explorados em As Telefonistas, mas há um problema mais premente em mãos. Um homicídio faz com que tenham que se ajudar antes que uma delas seja condenada à morte.

Estreia na Netflix a 9 de agosto.

Nesse dia um outro grupo de mulheres diferentes, numa época diferente vai também voltar a lutar pelos seus direitos, já que a terceira temporada de Glow tem estreia marcada para o mesmo dia.

Glow. Fonte: Netflix

Mindhunter: novo crime, o método de sempre

Dois anos depois, Mindhunter volta à Netflix. A série de David Fincher que aborda a psicologia criminal regressa com um novo caso para explorar e desconstruir.

Desta feita trata-se de um caso de homicídios em série de crianças e jovens em Atlanta que ocorreu na viragem dos anos 70 para os anos 80.

As sonoridades que marcaram as épocas vão servir para marcar o ritmo da série, já que a música vai ajudar a encaminhar a trama.

Lembra: ‘MINDHUNTER’: A REINVENÇÃO DO DRAMA POLICIAL

A segunda temporada de Mindhunter vai contar com menos episódios que a de estreia – apenas oito.

Ao longo do mesmos vais poder ver a mesma equipa de investigação, com um novo alvo, mas fica ainda no ar de que forma é que os assassinos retratados na temporada de estreia vão marcar presença nesta nova narrativa.

View this post on Instagram

MINDHUNTER returns August 16.

A post shared by MINDHUNTER (@mindhunter) on

Mindhunter regressa à Netflix a 16 de agosto.