O lançamento da nova versão de O Rei Leão, agora com realização de Jon Favreau, despertou várias questões sobre o enredo original. E uma delas é: Como é que Scar ficou com aquela cicatriz e qual é o seu verdadeiro nome?

O site britânico Digital Spy investigou e descobriu, através da leitura do livro O Rei Leão: 6 Novas Aventuras, lançado durante os anos 90.

De acordo com a obra, publicada no ano do lançamento do filme original, e que inclui uma história chamada Um Conto de Dois Irmãos, onde é explorada a juventude de Mufasa e Scar, este último originalmente era conhecido por Taka e não por Scar, um nome que apenas surgiu depois de ter adquirido a cicatriz.

Tudo começou… com uma conspiração

Nesta mesma história, que acontece pouco depois de Rafiki ter chegado às Terras do Reino, o jovem Taka tenta roubar o trono de Mufasa e virar o pai contra ele, no entanto o babuíno tem conhecimento do plano antecipadamente. Infelizmente, o sábio não consegue ser rápido o suficiente e Taka convence um búfalo chamado Boma a atacar Mufasa.

O plano do vilão tinha tudo funcionar, mas as coisas começam a correr mal quando Taka se começa a rir às gargalhadas do sucesso do seu próprio plano. Ao ouvir aquela gargalhada caraterística, o búfalo rapidamente se vira contra o mau da fita. E, apesar de o pai ter vindo em seu auxílio, já ninguém lhe tirou a cicatriz causada pelo ataque, nem a alcunha: Scar.

Scar // O Rei Leão

Fotografia: Disney / Reprodução

De acordo com o conto, foi o próprio leão que pediu ao pai que a partir desse dia o chamasse Scar a partir daí “para garantir que nunca se esqueceria do que se passou“.

Lê também: Rei Leão. Quais as diferenças entre o filme e o livro?