A Netflix, através da conta oficial norte-americana no Twitter, anuncia que a terceira temporada de Stranger Things está a registar máximos históricos no número de espectadores na plataforma de streaming.

De acordo com os números divulgados pela empresa na noite de segunda para terça-feira (9), foram já 40,7 milhões de contas a ver pelo menos um dos episódios da série desde o lançamento, a 4 de julho. Este registo pode ser considerado ainda mais relevante se tivermos em conta que, destes, 18,2 milhões já viram mesmo todos os episódios da nova season. Para efeitos de comparação, os episódios de Game of Thrones, uma das séries mais bem-sucedidas da atualidade, conquistavam, de acordo com a HBO, uma média de 44 milhões de espectadores cada um, mas apenas após uma semana inteira (sete dias) de visualização.

Estes números voltam a confirmar a importância da série de ficção científica entre os originais do catálogo da Netflix, depois de no ano passado a auditora Nielsen ter apontado Stranger Things como a série mais vista da plataforma.

A terceira temporada da série passa-se no verão de 1985 e acompanha o crescimento, e o avanço para a adolescência, dos protagonista. Em Hawkins, velhos e novos inimigos ameaçam a vida na cidade, lembrando que o mal não acaba – evolui.

A Netflix não tem como prática habitual a divulgação do número de espectadores das suas séries, sendo particularmente reservada na análise do sucesso de cada produção. Anteriormente, e quando confrontada com medições de outras entidades à audiência das suas séries, nunca confirmou a veracidade ou a precisão dos números auditados.