Rosa Cullell, administradora da Media Capital, a holding proprietária da TVI, está de saída da liderança da empresa, aponta o jornal ECO esta sexta-feira (5).

De acordo com o diário online, a decisão deverá ser anunciada ao mercado no decorrer da próxima semana, surgindo na sequência de notícias sobre a saída terem sido publicadas nos últimos dias pela Bloomberg e replicadas em Portugal pelo Jornal de Negócios.

A executiva, de nacionalidade espanhola, não fez até ao momento qualquer comentário sobre o assunto. O jornal Expresso adianta que a substituição será feita com recurso a alguém que já está atualmente na empresa e que a transição já tem sido preparada nos últimos meses.

De acordo com o ECO, a saída de Rosa Cullell já estava prevista desde o falhanço da venda da empresa à Altice, tendo sido apontada para abril. No entanto, a queda de audiências da TVI e o período conturbado na gestão do canal fez com que a substituição fosse adiada até agora.

A administradora ocupa a posição desde julho de 2011, tendo substituído Bernardo Bairrão. Sob a sua liderança, os últimos três anos foram de lucros sempre a crescer, apesar do início de 2019 ter ficado marcado pela perda de Cristina Ferreira e pela quebra do canal de televisão.

A Media Capital é proprietária da TVI, do IOL e das rádios Smooth FM, Comercial, M80 e Cidade. Enquanto nas rádios o grupo tem ficado em primeiro lugar, tendo ultrapassado a Renascença, na televisão – que representa a maior fatia do negócio do grupo – os últimos meses têm sido de queda. A TVI, que foi líder por 100 meses consecutivos, abandonou o primeiro lugar em fevereiro e tem estado em queda consecutiva nos últimos quatro meses.