Ricardo Araújo Pereira vai ser uma cartada da estação de Queluz para disputar o mercado televisivo na rentrée. A cobertura das eleições legislativas, que acontecem em outubro, vai contar com o humorista de segunda a sexta-feira na antena da TVI.

Em declarações à agência Lusa, Sérgio Figueiredo explicou que, “à imagem daquilo que fez há quatro anos“, Araújo Pereira “vai passar a fazer diariamente aquilo que tem feito aos domingos: um suplemento humorístico no Jornal de segunda a sexta“.

Nas mesmas declarações, o responsável pela informação do canal adiantou que será “um produto diferente” daquele que atualmente está no ar aos domingos e que entrará no ar antes das eleições, terminando na semana seguinte ao ato eleitoral. O humorista não fez, até ao momento, qualquer declaração sobre o tema.

Na mesma entrevista a agência estatal, admitiu que a TVI quer ser “a estação que os portugueses se habituaram a preferir” e garantiu estar confiante de que o canal irá “abordar com a competência de sempre” a cobertura do ato eleitoral, mesmo admitindo um contexto comercial mais desfavorável.

Evidentemente que a informação tem hoje audiências no acesso aos dois principais jornais que não tinha, claro que preferíamos todos nós que esse contexto fosse o que já foi“, afirmou, acrescentando que agora está na hora de a TVI se “reinventar outra vez“. De acordo com Sérgio Figueiredo, o canal está a trabalhar numa perspetiva de “médio prazo” e acredita que, “a vida é feita de ciclos“, mas que o “novo ciclo [de vitórias da SIC] não vai durar tanto tempo como o anterior“.

Ricardo Araújo Pereira é uma aposta habitual em atos eleitorais, tendo começado a sua participação neste tipo de programas com Esmiúça os Sufrágios, noticiário de caráter satírico lançado com enorme sucesso pela SIC em 2009.