Numa notícia acerca do documentário que Madonna lançou para contar como Lisboa, a capital de Portugal, influenciou o seu último disco, Madame X, a revista norte-americana Rolling Stone referia-se à cidade como “Lisboa, em Espanha“.

O erro, detetado pela utilizadora do Twitter @WAYVMlN, surgia numa peça publicada esta quarta-feira (3) e já foi corrigido pelo órgão de comunicação social que, no entanto, não registou qualquer errata ou pedido de desculpas pelo lapso.

Nos vários tweets sobre o caso, os leitores apontam que Portugal “é um dos países mais antigos da Europa” e um dos utilizadores pede mesmo que “da próxima vez coloquem alguém com formação a escrever, porque este tipo de erros reforça os estereótipos que temos [os portugueses] acerca de vocês [americanos]“. O mesmo erro foi também encontrado num artigo mais antigo da Rolling Stone, acerca dos Nine Inch Nails.

O documentário sobre o novo trabalho da cantora está disponível em streaming na Amazon Prime, chama-se World of Madame X e tem 23 minutos de duração. Nele, Madonna explica estar na cidade por causa do filho e conta estar “feliz por estar fora da América e ver o mundo de outra perspetiva“.

O que me arrebatou foi este sentimento autêntico e orgânico de que as pessoas estão aqui porque adoram música“, descrevendo uma das sessões que teve com músicos portugueses quando chegou à cidade. “O dinheiro não tem nada a ver com isso, a fama também não, o número de seguidores de Instagram idem. É tudo sobre a paixão, e música e arte“, explica a cantora.