Arrancou ontem (1) a 18º edição da campanha de recolha de sangue e de medula óssea. A iniciativa, que se prolonga até dia 12 de julho, tem como mote a frase “Precisamos do seu Tipo”, num apelo à dádiva de todos os tipos de sangue.

Promovida pelo grupo Mundicenter, a campanha terá lugar em seis centros comerciais: Braga Parque, Oeiras Parque, Amoreiras, Strada Outlet, Spacio Shopping e Arena Shopping.

Como forma de contribuírem para a sensibilização desta iniciativa, a banda portuguesa de soul e funk – HMB – decidiu unir-se a esta causa, reforçando a importância da dádiva de todos os tipos de sangue, tendo também participado ativamente na campanha.

Desta forma, Héber Marques, Fred Martinho, Daniel Lima, Joel Silva e Joel Xavier juntam o seu sangue a esta contribuição, divulgando a preocupação de colmatar as reservas de sangue e de medula óssea que atingem valores críticos durante os meses do verão.

O grupo espera que o seu contributo ajude a estabilizar os níveis de stock e a salvar vidas todos os dias. “Para nós ter a oportunidade de mobilizar as pessoas a darem vida umas às outras é um privilégio. É uma ocasião perfeita para demonstrarmos como sociedade que conseguimos amar através de um gesto simples, mas poderoso. Já estamos muito gratos por podermos estar envolvidos nesta causa”.

"Precisamos do Seu Tipo"

Fotografia: Divulgação

Como posso contribuir?

Serão instalados, em todos os centros comerciais aderentes, stands com todas as condições para a dádiva, geridas pelas equipas do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST), entre os dias 01 e 12 de julho, das 14h às 20h. Unicamente no Braga Parque o horário será das 13h30 às 19h30.

O IPST sublinha a união de forças com o grupo Mundicenter nesta ação solidária que, por ter lugar em diversos centros comerciais, “permite captar novos dadores de sangue que, pela facilidade e oportunidade, têm a sua primeira experiência nesta campanha, mantendo-se depois como dadores”.

Esta campanha apresenta um papel de sensibilização da população para a importância da dádiva de sangue e da resposta às necessidades de componentes sanguíneos dos hospitais de norte a sul do país. Ao longo das 17 edições já realizadas, a recolha anual registou mais de 35.206 dadores, reunindo cerca de 24.660 unidades de sangue  para o tratamento de 74 mil pessoas.

A organização convida todas as pessoas, com idades compreendidas entre os 18 e 65 anos e com mais de 50kg, a participar na recolha de sangue, juntando-se a esta causa.

A colheita dura aproximadamente 10 minutos, sendo que a dádiva de cada um pode impactar até 3 pessoas, uma vez que o sangue é separado em três componentes com diferentes funções terapêuticas.