O arranque da segunda temporada de Golpe de Sorte conquistou a liderança isolada das audiências esta segunda-feira (1), sendo o programa mais visto do dia e do horário, com mais 270 mil espectadores – em média – do que a concorrente Amar Depois de Amar.

O primeiro episódio da nova fase da trama conquistou 12,8% de audiência média e 24,4% de share, contra 9,8% de audiência e 18,8% de share da aposta da TVI. A coqueluche da estação de Paço de Arcos ficou em primeiro lugar do início ao fim do capítulo, com a melhor quota de mercado a registar-se no Norte (27,3%), nas faixas etárias dos 25 aos 34 anos (28,7%) e dos 55 aos 64 (28,9%), bem como nos targets comerciais ABCD 15-64 (26,6%).

Golpe de Sorte contribuiu para outro dia de vitória da SIC, que terminou a segunda com 19,8% de share, numa dianteira pronunciada face à TVI (14,1%) e RTP1 (12,9%). Alma e Coração (9,5% / 22,3%), emitida em sequência, também derrotou Prisioneira (7,8% / 19,7%), mantendo uma tendência que continuaria com A Dona do Pedaço (4,7% / 19,3%) frente a Like Me (2,5% / 11,1%).

Outros destaques do dia

  • O documentário Salgueiro Maia – Rumo à Eternidade conquistou a audiência de 751 mil espectadores, em média. 7,9% de rating e 16,6% de share para a produção histórica emitida pela RTP1;
  • O Chef é Você estreou-se no horário das 18h45 com 3,7% de audiência média e 11% de share, numa ligeira recuperação face aos habituais resultados da TVI no horário;
  • A estreia da aclamada série dinamarquesa Borgen, na SIC Radical, não foi além de 0,1% de audiência média e 0,1% de share. Nos primeiros cinco minutos de emissão, nem um único espectador do painel da GfK contactou com a nova aposta do horário nobre do canal dirigido por Pedro Boucherie Mendes.