A primeira edição do Like Me, que chegou ao fim este sábado (29) na TVI, acabou antecipadamente e a vencedora do reality-show não teve direito a nenhum prémio.

Numa gala final algo insólita, que durou apenas 30 minutos, foi Gabriella Brooks que chegou ao primeiro lugar, mas o único prémio da vitória foi mesmo de consolação, porque o canal não atribuiu nenhuma recompensa monetária à concorrente que triunfou no formato televisivo. Durante a transmissão não foi feita nenhuma menção a qualquer prémio monetário ou de outro tipo, nem foi dada nenhuma explicação para a sua não-atribuição, habitual neste tipo de programa.

Rafael Baselli, Rita Garcês e Mónica Vale de Gato ficaram, respetivamente, nos segundo, terceiro e quarto lugares da final. Depois da revelação da vencedora do programa, que terminou o Like Me com 50% dos votos dos telespectadores, o formato seguiu de imediato para o início da segunda edição, que conta com ex-concorrentes de Secret Story e Love On Top, antigos realities do canal.

O Like Me tem sido o reality-show da TVI com os piores resultados da história da estação. Ao longo da primeira edição, que durou pouco mais de um mês, a média das transmissões não superou os 10% de share.