A edição do 10.º aniversário do 5 para a meia-noite, emitida esta quinta-feira (27), obteve o melhor resultado do ano para o programa apresentado por Filomena Cautela.

De acordo com os números divulgados pela GfK/CAEM, o late-show da RTP1 marcou 4% de audiência média e 12,3% de share, tendo registado a quota de mercado mais elevada durante a rubrica Pressão no Ar com Manuel Luís Goucha. O bom resultado noturno juntou-se a um dia de scores positivos para o canal estatal. A RTP1 fechou o dia com 13,8% de share, contra 13,9% da TVI e 19,8% da SIC.

Após esta edição de 10 anos, o 5 para a meia-noite entra em período de férias, devendo regressar na rentrée. Depois de alguns rumores sobre o cancelamento do formato, Filomena Cautela veio a terreiro para garantir que a estação pública continuaria a apostar nele.

O talk-show, que se iniciou em 2009 na RTP2 como programa diário, é atualmente uma aposta semanal do Canal 1, sendo também uma das marcas mais fortes da estação pública nas redes sociais e meios digitais.

Outros destaques do dia

  • A estreia das 7 Maravilhas Doces de Portugal, na RTP1, registou 2% de audiência média e 14,1% de share. O resultado chegou para alcançar a vice-liderança e empurrar o Você na TV! para o pior rating do ano: 1,7%, com um share de 12,5%. O Programa da Cristina liderou com 3,5% de audiência média e 23,8% de share.
  • Estreou na RTP2 a nova série O Código do Crime. Marcou 0,8% de audiência média e 1,7% de share.
  • A Globo e a CMTV empataram no primeiro lugar do Cabo com 3,5% de share cada uma. O mês de junho é, em 2019, o pior para o canal da Cofina, que marca neste momento 3,7% de quota de mercado, contra 3% dos brasileiros.