Noah Centineo, o rapaz sensação das comédias românticas da Netflix, tem um novo filme a chegar à plataforma de streaming. Swiped fica disponível a partir de 1 de julho.

Nesta nova aventura, o norte-americano é Lance, um rapaz que só se interessa por raparigas e festas que incumbe o amigo James (Kendall Ryan Sanders), aluno do primeiro ano e génio da informática, para programar uma nova aplicação de encontros. No entanto, quando James descobre que a sua própria mãe está a usar a aplicação, surgem consequências inesperadas.

O filme foi lançado nos cinemas norte-americanos em novembro de 2018, não se tratando de um original Netflix. Conta com uma avaliação de 4,4 no IMDb e uma avaliação de apenas 40% entre os críticos agregados pelo Rotten Tomatoes. Amanda Mazzillo, do Film Inquiry, carateriza o filme como “uma sátira que erra o alvo” e acaba por se revelar como “um olhar datado sobre as relações e as diferenças entre homens e mulheres“, resultando por “saber a pouco quer na sátira, quer no romance“.

A maior parte dos sites norte-americanos de referência ignorou o lançamento de Swiped, que foi filmado antes da ascensão de Noah Centineo para a fama, ainda em 2016, e teve lançamento comercial em poucas salas. Na altura, Greg Centineo, o pai do ator, entrou no filme como o pai de Lance Black.

Noah Centineo, de 23 anos, tornou-se um fenómeno de popularidade depois dos filmes Sierra Burgess is a Loser e A Todos os Rapazes Que Amei, lançados internacionalmente pela Netflix. Foi entretanto confirmado como um dos membros do elenco do reboot de Os Anjos de Charlie, que deverá chegar aos cinemas a 31 de outubro deste ano e conta com Kristen Stewart, Naomi Scott e Elizabeth Banks no elenco. Participará ainda na sequela de A Todos os Rapazes Que Amei, a ser lançada em 2020.