Verão é sinónimo de férias, piscina, mar, praia, campo, descanso, viagens e, claro, livros. Para adoçar as tuas férias e recheá-las de boas histórias e aventuras, o Espalha-Factos selecionou 10 obras literárias, com as mais variadas temáticas, que têm muito para ensinar e transmitir.

Poesia, economia, ciência, história, política e psicologia são alguns dos temas abordados nesta lista de sugestões.

Com estes livros vais viajar sem sair do lugar, alargar os teus horizontes e ver o mundo com outros olhos. Vais viver as vidas dos personagens, desvendar os seus mistérios e apaixonar-te pelas suas histórias.

As histórias deste verão

Gostas de ler na praia ou no jardim, de manhã ou à noite? Então está na altura de mergulhares nas páginas e nas histórias de bons livros que prometem transformar o teu verão.

Capitães de Areia

Capitães de Areia, o livro mais vendido de Jorge Amado, faz um paralelismo entre a inocência das crianças e a crueldade dos adultos.

Publicado pela primeira vez no ano de 1937, este livro continua a espelhar situações vividas na sociedade atual.

Esta bela e dramática história, baseada na vida de um grupo de meninos de rua da Bahia, revela a vulnerabilidade das crianças e o seu desamparo, quando se encontram sozinhas no mundo.

Fonte: Wook

Podes ler e refletir sobre esta obra aqui.

A Insustentável Leveza do Ser

De Milan Kundera, A Insustentável Leveza do Ser é um romance atípico do século XX, que tem a particularidade de fazer com que os seus leitores encarem o mundo que os rodeia de uma outra forma.

Adaptada ao cinema, esta obra propõe a reflexão acerca do destino de uma civilização, de um país e de um continente.

Interligam-se aventuras individuais e coletivas e, segundo consta no prefácio de Inês Pedrosa, “justapondo lugares distantes geograficamente, reflexões brilhantes e uma variedade de estilos, este magnífico romance representa o auge daquele que é, verdadeiramente, um dos maiores escritores de sempre”.

Fonte: Bertrand

Altera a tua visão do mundo e perde-te entre as páginas desta obra disponível na aqui.

A Desumanização

O romance de Valter Hugo Mãe, A Desumanização, dá voz a uma menina diferente, que nos fala acerca do que restou depois de perder a sua irmã gémea.

A história desenrola-se nos “recônditos fiordes islandeses” e conduz o leitor numa viagem inquietante pelos destinos e a humanidade dos personagens.

É por muitos considerado o melhor romance de Valter Hugo, devido aos sentimentos que desperta em quem lê e à intensidade da escrita.

O autor é um dos mais destacados no atual panorama literário português, pois as suas obras são consideradas algo diferentes, com uma escrita irreverente e as páginas dos seus livros coloridas.

Fonte: Wook

Podes encontrar o romance de Valter Hugo Mãe aqui.

Livros que têm muito para ensinar

O verão é a altura do ano mais propícia às leituras e, por isso mesmo, deves arriscar ler mais, livros mais densos e mais extensos. Nesta fase do ano tens também a cabeça mais livre e o pensamento mais aliviado, logo é a altura ideal para ler livros de ensinamentos, obras mais teóricas.

A tempestade

Se gostas de economia e queres saber mais acerca da crise económica mundial de 2008, tens neste livro a tua grande oportunidade.

Escrita de forma simples, de modo a ser compreensível tanto para um perito em economia como para um iniciante nesta área, A Tempestade leva o leitor numa viagem até 2008 e revela quais as razões da crise e os seus antecedentes.

Vince Cable, considerado o “sábio da crise económica”, escreveu este livro com o objetivo de alertar para a importância de uma boa gestão económica, ressalvando a ideia de que o isolamento e nacionalismo não vencem tempestades.

O mercado imobiliário, a contração de crédito, os choques petrolíferos, as taxas, a deflação e a inflação, os antecedentes e o futuro incerto são alguns dos tópicos abordados nesta obra, que esclarece, de forma detalhada, os riscos e perigos de uma má gestão dos recursos financeiros.

Fonte: Bertrand

Descobre as origens e antecedentes da crise aqui.

Breve História de Quase Tudo

De Bill Bryson, a Breve História de Quase Tudo leva o leitor numa viagem divertida e prática pelo mundo científico.  

Esta obra, que contém toneladas de informação e personagens importantíssimas, resume de forma detalhada a história da ciência.

O universo, o planeta Terra, o mundo de Einstein, os Quarks de James Joyce, a vida propriamente dita e a idade do gelo são alguns dos motes deste livro de 470 páginas.

A curiosidade de Bryson levou-o a explorar o mundo e escrever uma obra que dá ao leitor a sensação de “ter o mundo nas mãos”. Escrito de forma clara e não demasiado científica, o livro explora o tempo e o espaço, com apontamentos do autor pelo meio.

Esta é uma obra que merece ser lida e sublinhada, pois os dados e histórias apresentados devem permanecer na nossa memória.

Fonte: Fnac

O mundo de Bill Bryson está à distância de um clique ou na tua livraria mais próxima.

O Príncipe

Da autoria de Nicolau Maquiavel, O Príncipe é um manual político sobre a arte de bem governar.

Dedicado ao Lourenço de Medici Júnior, este livro de apenas 131 páginas procura ensinar aos “príncipes” técnicas de conquista e manutenção do poder.

Este livro não é essencialmente teórico, apresentando ao leitor diversos exemplos concretos do que é explanado.

Fonte: Wook

Adquire o teu Príncipe aqui.

Crescer Vazio

Repercussões psíquicas do abandono, negligência e maus tratos em crianças e adolescentes são alguns dos temas abordados nesta obra de Pedro Strecht.

Crescer Vazio faz-nos refletir acerca da nossa infância e da importância que os primeiros anos têm na nossa vida.

Neste livro são apresentados diversos casos, diferentes histórias, que têm em comum uma infância triste, recheada de problemáticos acontecimentos.

O autor, médico de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, relata a dura realidade em que vivem inúmeras crianças, sensibilizando quem trabalha com jovens em situação de risco para a importância de uma boa intervenção, que possibilite o desenvolvimento emocional para que as crianças maltratadas de hoje não se tornem pais maltratantes amanhã”.

Fonte: Fnac

Crescer Vazio está disponível aqui.

Pequenos livros com grandes poemas

Dentro de um livro podem residir todos os sentimentos do mundo. Em versos, que por vezes rimam, contam-se histórias, que de outra forma se silenciariam. Só quem tem o dom de conjugar as palavras e de viver de forma intensa a vida, é capaz de produzir quadras que mexem com o outro, que o fazem rir e chorar, cantar e gritar.

E no verão vivemos tudo intensamente, somos quase poetas, vivemos num ambiente que nos impossibilita de não pensar e não sentir. Portanto porque não ler um livro, ou mais, de poesia?

Sonetos de Florbela Espanca

Florbela Espanca recria na sua poesia o mundo real, projetando na sua obra os seus valores e as suas vivências.

Tão complexa de analisar como Fernando Pessoa, Florbela é para muitos a sua versão feminina.

Nos seus versos residem as suas inquietações, as alegrias, as ideias, as ilusões, as deceções e as certezas e as incertezas, na sua poesia reside a sua humanidade.

Dentro de um só livro constam vários, que abordam diversos temas e fases da vida da poetiza, que tinha os sentimentos todos à flor da pele e sentia como só um poeta sente.

Fonte: Wook

Os sonetos de Florbela Espanca encontram-se à venda, por exemplo, aqui.

Poesia Lírica de Luís de Camões

É escassa a informação existente relativa à vida de Luís de Camões, todavia a sua obra é extensa.

Entre a poesia tradicional e o estilo renascentista, encontra-se a poesia lírica de Camões, mais conhecida como lírica camoniana.

A poesia tradicional aborda temas populares, como o amor e saudade, enquanto que o estilo renascentista se debruça sobre novas formas de composição como o soneto, a canção e a ode, que falam sobre a natureza, a mulher e o amor como uma contradição.

Predominam nos sonetos os sentimentos de incompreensão e insatisfação e os recursos estilísticos.

Fonte: Bertrand

O livro está disponível aqui.

Poemas Escolhidos de Alberto Caeiro

Alberto Caeiro, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, descreveu como ninguém inúmeros ambientes e as sensações que os mesmos lhe causavam.

Nesta obra, o Mestre Caeiro leva o leitor numa viagem pela natureza, pelos seus mistérios e elementos.

Ainda assim, sou alguém. Sou o Descobridor da Natureza. Sou o Argonauta das sensações verdadeiras. Trago ao Universo um novo Universo Porque trago ao Universo ele próprio”, diz-nos o Guardador de Rebanhos neste descritivo e encantador livro.

Fonte: Fnac

Este livro encontra-se também a uns cliques de distância.

As leituras de verão

Aproveita as férias grandes para colocar em dia as leituras. Lê na praia ao sol e lê em casa nos dias menos risonhos.

O verão condiz com a literatura e nas páginas de um bom livro escondem-se maravilhosas histórias e inúmeros factos. Com um livro podes rir, chorar, refetir acerca do que te rodeia, conhecer o que não conhecesses, viajar sem sair do lugar. Com um livro tens o mundo nas mãos.

Fonte: Tumblr

LÊ TAMBÉM: AS APLICAÇÕES QUE TE VÃO AJUDAR A ORGANIZAR AS LEITURAS DESTE VERÃO