Junho é o Mês do Orgulho LGBT – um mês para debate, marchas e luta pelos direitos LGBT, incluindo uma maior representação na cultura e media. Por isso, o Espalha-Factos recomenda-te sete livros contemporâneos com representação LGBT Q+ que valem a pena ser lidos.

The Gentleman’s Guide to Vice and Virtue de Mackenzi Lee

livros lgbt

Imagem: Goodreads

Um dos mais recentes livros-sensação do mundo literário Young Adult é este The Gentleman’s Guide to Vice and Virtue, talvez pela inovação de juntar um protagonista bissexual num cenário histórico e ser-lhe fiel. Monty Montague é um verdadeiro dandy, um gentleman sem limites que aprecia a vida boémia, e parte na sua Grande Tour Europeia com a sua irmã, Felicity, e o seu melhor amigo, Percy, de quem Monty gosta, com o objetivo de levar os seus hábitos hedónicos a percorrer a Europa. Mas a viagem torna-se rapidamente numa busca ao homem, uma aventura que nos leva pelo continente europeu, que fará Monty de questionar tudo o que sabe, incluindo os seus sentimentos por Percy.

Vê também: Onde podes celebrar o Orgulho LGBT em Portugal

Everything Leads to You de Nina LaCour

livros lgbt

Imagem: Goodreads

Uma ode a Los Angeles e a Hollywood, Everything Leads to You segue Emi, uma determinada rapariga lançada no mundo da produção cinematográfica, com uma vida amorosa desastrosa. E é enquanto a seguimos num estágio de verão num filme independente a desenhar cenários e a preencher casas fictícias que ela encontra uma carta perdida de uma antiga estrela de Hollywood que a leva a encontrar a enigmática e bela Ava, cujo sonho é ser atriz.

Boy Erased de Garrard Conley

livros lgbt

Imagem: Goodreads

Um relato na primeira pessoa de uma realidade americana: Garrard Conley, filho de um pastor da Igreja Baptista numa pequena vila em Arkansas (EUA), é enviado para um campo de terapia de conversão pelos pais após estes descobrirem que o seu filho é homossexual. Para não perder todos aqueles que conhece e ama, Garrard aceita entrar na instituição, onde um programa de doze passos promete “curá-lo” da sua homossexualidade. Mas é com o sofrimento que passa no campo que Garrard encontra a sua voz e perde o medo de ser ele próprio, e de perdoar. Este livro foi recentemente adaptado ao cinema com Nicole Kidman e Russel Crowe.

Fun Home de Allison Bechdel

livros lgbt

Imagem: Goodreads

Allison Bechdel, cartoonista e criadora do teste de Bechdel, conta a sua história nesta novela gráfica, um relato intimista da sua infância no interior da Pensilvânia e da sua relação com o seu pai, que descobriu ser gay semanas antes de falecer, pouco depois de ela própria se assumir lésbica. Fun Home é simultaneamente um drama e uma comédia familiar, num estilo único de desenho e narrativa, emotivo e mordaz.

IF I Was Your Girl  de Meredith Russo

livros lgbt

Imagem: Goodreads

If I was Your Girl é um dos raros e necessários romances contemporâneos Young Adult com uma protagonista transsexual no centro da sua história. Amanda é a nova rapariga da escola e pretende passar o mais despercebida possível. Mas ao conhecer Grant, ela não consegue evitar deixá-lo entrar na sua vida, mas isso aterroriza-a, porque Amanda tem um segredo: na escola anterior, o seu nome era Andrew, e ela não sabe como Grant reagirá, ou como a verdade mudará a sua nova vida. LGBT

Tash hearts Tolstoy de Kathryn Ormsbee

Imagem: Goodreads

Ainda no mundo Young Adult, Tash hearts Tolstoy conta a história de Natasha (ou Tash) Zelanka, que adora Tolstói e criou uma web series na Internet que é uma adaptação moderna de Anna Karenina. Um dia, uma das mais famosas youtubers menciona-a num dos seus vídeos, e Tash é atirada para a fama, ganha 40 mil novos subscritores, e vê a sua série ser nomeada para um prémio que reconhece conteúdo digital. A cerimónia pode significar conhecer Thom Causer, outro nomeado de quem Tash tem vindo a aproximar-se…. Mas isso também significa que ela lhe terá de contar que é romântica assexual. Um livro que aborda temas tão modernos e jovens mas que já fazem parte do nosso quotidiano, e um dos poucos que dá voz a uma das identidades LGBT menos representada.

I Wish You All the Best de Mason Deaver

Imagem: Goodreads

Recém-lançado em maio deste ano, este livro é um dos primeiros romances contemporâneos com uma personagem principal e autora não-binária publicados nos Estados Unidos. Após dizer aos pais que são não-binário, Bem de Backer são expulsos de casa pelos pais, e acabam por ir viver com a irmã mais velha, Hannah, e o seu marido. Ben decidem não contar a ninguém sobre a sua identidade de forma a ter uma passagem pacífica pela nova escola, exceto à irmã, ao marido desta, e à psicóloga a que vão devido à ansiedade desenvolvida após os eventos traumáticos passados com os pais. Mas depois há Nathan, que repara em Ben por mais que tentem passar despercebidos. Uma história de esperança e amor, que mostra a Ben e aos leitores que há felicidade para além do trauma e da crueldade que podem ter sofrido no passado.