Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias - Regina Pessoa
Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias | Fonte: Público

Portuguesa Regina Pessoa premiada no Festival de Annecy

Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias, a curta-metragem da realizadora portuguesa Regina Pessoa que abriu a 18.ª edição do Festival A Monstra, foi duplamente premiada no Festival Internacional de Animação de Annecy 2019, que decorreu entre os dias 10 e 15 de junho.

O filme de 13 minutos, cuja banda sonora foi composta pelo canadiano Normand Roger, recebeu o Prémio para Melhor Música Original e o Prémio do Júri. Não é a primeira vez que a cineasta coimbrense é premiada no festival francês – em 2006 recebeu o galardão mais importante, o Cristal, pelo filme História Trágica com Final Feliz.

Related image
Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias | Fonte: Curtas Metragens CRL

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias teve como inspiração as memórias de infância do tio excêntrico da cineasta, que desempenhou um papel fundamental no seu desenvolvimento enquanto realizadora de animação.

“Um tio meu encorajava-nos, desenhando nas paredes de cal e nas portas da casa da minha avó, com carvão da fogueira. O facto de desenharmos assim, pelas paredes, ainda por cima incentivados por um adulto, dava-nos uma sensação de liberdade, porque se por um lado não tínhamos papel nem lápis, arranjávamos sempre paredes ou portas. Talvez isso tenha ficado no meu inconsciente”, explicou Regina Pessoa.

Regina Pessoa no Festival de Annecy | Fonte: CCA

Licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto, a realizadora começou a sua carreira em 1992 no filme Os Salteadores, de Abi Feijó , mas é em 1999 que se lança no mundo da realização a solo com o filme A Noite, que recebeu 9 prémios. Regina Pessoa desenhou o cartaz oficial do Annecy em 2015 e em 2016 tornou-se Senior Lecturer na escola de Animação Alemã FILMAKADEMI.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Ricardo Araújo Pereira participa nas conversas da FFMS
Ricardo Araújo Pereira discute ‘O País Que Se Segue’ em ciclo de conversas digitais