O Sexta às 9 foi o programa mais visto do dia (14) na RTP1 e liderou no seu horário de emissão. Contribuiu para o terceiro dia consecutivo de vitória da estação pública frente à TVI, desta feita mesmo à rasquinha.

Feitas as contas, o canal estatal e o concorrente de Queluz marcaram 14% de share cada um, mas no photo finish, a vantagem foi da RTP: 240,9 mil espectadores por minuto viram a TV pública, mais 1000 do que a concorrência. A SIC, em primeiro lugar, marcou 20,6% de quota de mercado.

Os números de junho são os mais sorridentes desta temporada para a estação liderada por José Fragoso, que acumula uma média de 14,5% de share nos primeiros 14 dias do mês, contra 15,2% da TVI. Uma proximidade que não acontecia há mais de duas décadas.

Mas vamos aos números do dia. Sandra Felgueiras voltou a trazer as dúvidas na recuperação das casas ardidas em Pedrógão Grande para as notícias da atualidade e explorou o caso na edição desta semana do Sexta às 9, que fez o melhor share do ano: 8,8% de audiência média e 20% de share.  À mesma hora, a SIC ficava com 18,9% de quota de mercado e a TVI marcava 17,2%.

A maior adesão ao formato foi na região Centro, aquela que foi mais afetada pelos incêndios de 2017, onde o programa de informação conquistou 27,3% de share. Quase um terço dos espectadores do Sexta às 9 desta sexta-feira são residentes nesta área geográfica.

Na informação, o Telejornal foi também o noticiário mais visto do dia, com 8,2% de audiência média e 20,9% de share, liderando frente ao Jornal da Noite (7,9% / 19,4%) e Jornal das 8 (6,7% / 16,4%). A contribuir para algum desequilíbrio no horário esteve a RTP2, que transmitiu o Benfica x Oliveirense em basquetebol e conquistou 1,2% de audiência média e 3,1% de share.

Outros destaques do dia

  • Golpe de Sorte continua líder. Esta sexta-feira marcou 10% de audiência média e 22,8% de share, contra 7,9% de audiência média e 18% de share da concorrente Prisioneira. À mesma hora, o Joker da RTP1 fazia 7,4% de audiência média e 16,8% de share.
  • A série Imprensa, da RTP2, despediu-se com o melhor resultado desde a estreia: 1% de audiência média e 2,6% de share. Foram 101,2 mil espectadores de audiência média para o desfecho da produção britânica.
  • A Globo bateu a CMTV pela terceira vez esta semana. Marcou 3,7% de share esta sexta-feira, contra 3,2% do canal da Cofina.