A mudança de Lisboa para o Porto trouxe a Catarina Félix não só um novo código postal, mas também uma nova aventura: a Catiola, uma marca de artigos de decoração personalizados que se dedica, sobretudo, à personalização de tapetes.

O Espalha-Factos entrevistou a fundadora e criadora da marca, para saber o que inspirou a criação deste projeto.

EF – O que incentivou a criação da Catiola?

CF – Tudo começou com a minha mudança de casa de Lisboa para o Porto, com o meu namorado, onde ele tinha aberto a sua empresa recentemente. Começámos a mobilar a nossa casa e quando chegou a vez de comprarmos um tapete de entrada não havia nenhum que nos cativasse. Decidi criar o nosso próprio tapete, para ser completamente diferente e à nossa imagem e semelhança.

O nosso primeiro tapete dizia “Só se estraga uma casa” e foi um sucesso entre os amigos e familiares que vinham conhecer a nossa casa. Rapidamente começaram a surgir pedidos entre as pessoas que nos são mais próximas até que chegou aos amigos dos amigos. Enquanto procurava um novo trabalho na minha área, Comunicação e Marketing, pensei: “bem, tenho que fazer dinheiro rapidamente, vou tirar umas fotografias e colocar no Facebook para ver se há interesse”. E assim começou a Catiola!

“Adoro desafios, quanto mais radicais melhor!”

EF – Que mensagem pretende a marca transmitir?

CF – Há uma frase que me caracteriza “Nada é impossível”, e é isso mesmo que coloco em todos os produtos da Catiola – tudo é possível, basta imaginar.

EF – A quem se dirigem os vossos produtos?

CF – Os nossos produtos são pensados para pessoas felizes. Pessoas que gostam de originalidade, criatividade e que valorizem tudo o que é feito com  amor e com boa energia.

Catiola

EF – Porquê a personalização de tapetes e não de outros artigos de casa?

CF – Os tapetes de entrada personalizados foram apenas o início. No primeiro Natal da marca lançámos as bolas de Natal personalizadas que também foram um sucesso. E 2019 vai ser um ano em cheio para a Catiola não só na decoração de casa, mas também com a divulgação de novos produtos de outras áreas.

EF – O que vos define como uma marca 100% portuguesa?

CF – Procuramos que as empresas que trabalham diretamente connosco sejam nacionais, pois não há nada que nos alegre mais do que valorizar o que é nosso. No entanto, atualmente ainda não nos definimos como uma marca “100% Made In Portugal”, mas para lá caminhamos.

EF – E quais os principais obstáculos em ser uma marca portuguesa neste tipo de mercado?

CF – Não sinto que haja obstáculos ao sermos uma marca portuguesa neste mercado, pelo contrário. As pessoas valorizam bastante que este produto seja feito por nós, portugueses.

Catiola

Catiola

EF – Quais os maiores desafios em ser uma marca totalmente personalizável, que está totalmente nas mãos do cliente?

CF – O maior desafio é, sem dúvida, a gestão de tempo. Com um produto standard nós sabemos precisamente quanto tempo de produção ele necessita, o que não acontece com um produto 100% personalizável.

Toda a parte da produção é feita por mim, assim como o contacto com o cliente, o embalamento e também todas as tarefas administrativas. Toda esta gestão tem sido o mais complicado, uma vez que, de momento, a Catiola composta apenas por mim.

“As pessoas valorizam bastante que este produto seja feito por nós, portugueses.”

EF – Quais são os planos para o futuro, em termos de expansão de marca e futuras criações?

CF – Um dos nossos próximos objectivos é chegar ao mercado espanhol como uma marca portuguesa!

Esta expansão de mercado irá passar também por alargar a equipa da Catiola o que me deixa bastante satisfeita, pois foi um dos primeiros objectivos que tracei quando criei a marca. Quanto a novas criações, ainda este Verão teremos novidades!

Bolas de Natal Catiola

Catarina Félix confessa ainda  que o feedback relativo à marca e aos produtos tem sido bastante positivo e que o acolhimento da marca pelos clientes tem sido uma experiência enriquecedora e gratificante.

LÊ TAMBÉM: CONHECE 8 MARCAS PORTUGUESAS COM SUCESSO INTERNACIONAL

De momento, os produtos Catiola apenas podem ser adquiridos na loja online, tendo os clientes a possibilidade de criar os seus produtos de raíz, com uma mensagem à escolha, como também a possibilidade de comprar produtos com mensagens já feitas, tais como “Aqui à gato.” ou “A mãe já vai!”.

Catiola

O preço de cada tapete varia entre os 19,99 euros e os 22,99 euros, sendo que para além da mensagem podem também ser incluídos pompons nos tapetes. Relativamente às bolas de Natal, cada uma custa 3,50 euros e o cliente pode escolher símbolo, nome ou frase que quer ver representado no artigo.