Benjamin Clementine estreou-se há quatro anos em Portugal, no festival Super Rock, e apaixonou-se por Portugal e pelos portugueses. Depois de já ter voltado varias vezes ao país, Clementine, decidiu realizar, no mês de junho, uma tour por sete cidades portuguesas com o mote “Uma noite com Benjamin Clementine e o seu quinteto de cordas parisiense”.  Após quatro casas esgotadas, o quinto concerto, esta sexta (7) no Altice Forum Braga, não foi exceção e também teve casa cheia.

Num concerto em que fez uma viagem por todo o seu reportório, desde o álbum de estreia At Least For Now até ao álbum mais recente I Tell A Fly, Clementine mostrou uma energia e um saber estar no palco muito próprio e deliciou o publico que esteve presente na sala.

Entre as músicas, vários elogios à cidade e aos portugueses. Chegou mesmo a comparar os nacionais com os ingleses – e várias tentativas em falar a língua de Camões: “estou muito contente“, “por favor cantem comigo“, “estou fixe“, “estou a tentar aprender a falar português” e, num momento de aperto a tentar falar em português, ainda houve tempo para um “Espero… F****“.

O concerto teve uma primeira parte com o pianista Beaven Waller, que tem acompanhado Benjamin na sua digressão, que documenta através das suas músicas as viagens que vai fazendo.

Com um simples e sincero “muito obrigado“, Benjamim Clementine despediu-se de Braga partindo para Ponta Delgada, onde atua dia 9, também já esgotado, e finalizando a sua tour por Portugal dia 10 de Junho no Coliseu do Porto.

O EF esteve presente no concerto e deixa-vos aqui alguns desses momentos: