Chernobyl terminou esta segunda-feira (3), tornando-se na série mais bem classificada de sempre no IMDB. A minissérie da HBO alcançou uma classificação de 9.7 em 10, superando Breaking Bad e Game of Thrones.

Tem apenas cinco episódios, mas todos estão classificados com mais de 9.5 em 10 no IMDB. Este é um dos sites de avaliação de filmes e séries mais confiáveis, juntando não só a crítica do público em geral, como também de especialistas. O último episódio de Chernobyl, intitulado Vichnaya Pamyat, é o mais bem classificado da série, com 9.9.

Segundo o The Economist, a probabilidade de uma série produzir quatro episódios consecutivos com classificações de 9.5 ou mais é de apenas 0.4%. O mesmo jornal refere ainda que para além de Chernobyl, só os quatro últimos episódios de Breaking Bad tinham alcançado este feito. Chernobyl torna-se assim na série mais bem classificada no IMDB, roubando o lugar a Breaking Bad.

Jared Harris em 'Chernobyl'

Jared Harris em ‘Chernobyl’. (Fonte: HBO)

A minissérie é um drama baseado em acontecimentos reais, mas consegue ultrapassar todos os tipos de séries. É não só a série mais bem classificada de todas, mas destaca-se especialmente no seu género, aproximando-se dela apenas Irmãos de Armas (9.5), uma minissérie de 2001 sobre a participação americana na Segunda Guerra Mundial.

O drama criado por Craig Mazin já tinha conseguido superar Game of Thrones e Breaking Bad apenas ao terceiro episódio. Porém, era possível que os episódios seguintes fizessem a cotação descer. O que se verificou foi exatamente o contrário e de uma classificação de 9.6 passou para 9.7.

Lê Mais: ‘Chernobyl’ a minissérie da HBO que vai enfurecer os espectadores

Chernobyl estreou-se na HBO a 7 de maio e retrata um desastre nuclear que aconteceu na União Soviética. Na noite de 25 para 26 de abril de 1986, um reator nuclear explodiu inesperadamente na central de Chernobil, localizada na atual Ucrânia. A radiação propagou-se rapidamente e em grande escala pelas zonas em volta da central. Cinco milhões de hectares de terras terão ficado inutilizados devido à radioatividade e inabitáveis durante 20 mil anos.

O desastre aconteceu no contexto da Guerra Fria e teve grande impacto na política externa soviética. Os Estados Unidos e a URSS aproximaram-se através da cooperação científica para lidar com as consequências do acidente. Para além disso, o acontecimento teve um papel importante na dissolução da União Soviética cinco anos depois.

Emily Watson

Emily Watson como Ulana Khomyuk em ‘Chernobyl’ (Fonte: HBO)

A série foi escrita por Craig Mazin (A Ressaca II) e realizada por Johan Renck (BloodlineVikings). O elenco conta com Jared Harris (Mad Men, The Crown), Stellan Skarsgård (Mamma Mia, Ninfomaníaca) e Emily Watson (GeniusA Teoria de Tudo).

Todos os episódios de Chernobyl estão disponíveis na HBO Portugal.