A Dona do Pedaço, nova novela da noite da SIC, estreou em primeiro lugar no horário, mas com vantagem muito curta para o segundo lugar, que ficou com a TVI.

Os números da GfK/CAEM para esta segunda-feira (3) mostram que a ficção brasileira conquistou 5,3% de audiência média e 21,3% de share, enquanto no mesmo horário a Quatro, com A Teia e #LikeMe, ficou com 20,6% de quota de mercado e uma audiência média de 5,1.

A trama da autoria de Walcyr Carrasco arrancou às 23h39 e manteve uma audiência estável ao longo de toda a sua duração, com a maior parte dos espectadores na região Norte, onde marcou 23% de share, e no Centro, onde chegou aos 23,7. Em sentido contrário esteve Lisboa, onde a novela não foi além dos 16,3% de quota de mercado.

Na análise dos vários targets é ainda evidente a maior adesão das Classes C (30,6% de share) e D (22,1% de share) à estreia de A Dona do Pedaço. Em conjunto, estes estratos sociais representaram 66,8% dos espectadores do episódio.

Mais confortável foi a liderança da SIC no total diário, com 21,3% de share, ante 16,5% da TVI. A RTP1 foi terceira com 11,9%.

Outros destaques do dia

  • O filme Vale Abraão, baseado na obra homónima de Agustina Bessa-Luís, foi transmitido pela RTP1 e conquistou 0,4% de audiência média e 3,2% de share.
  • Segundo Sol despediu-se com um recorde de share: 26,8%. A audiência média foi de 4,7%.
  • A Nossa Tarde, da RTP1, marcou o pior resultado desde a estreia. O programa de Tânia Ribas de Oliveira não foi além de 1,2% de audiência média e 7,6% de share. A subida da RTP2 no mesmo horário pode ter contribuído para a queda. O jogo entre Uruguai e Equador no Campeonato do Mundo de Sub-20 registou 0,6% de audiência média e 3,6% de share.
  • Golpe de Sorte recuperou espectadores e subiu para 12% de audiência média e 25,2% de share. Mantém vantagem sobre Prisioneira (10,3% / 21,9%).