Carlos Miguel, secretário de Estado da Administração Local, publicou em dezembro de 2018 um livro acerca do Carnaval de Torres Vedras. A Câmara local, que presidiu entre 2004 e 2015, comprou metade da edição do governante.

De acordo com o contrato, disponível no portal base.gov.pt, foram adquiridos pela empresa municipal Promotorres 500 exemplares, por 9.433,96 euros, a 21 de dezembro de 2018. A compra não foi efetuada diretamente ao secretário de Estado, mas sim à livraria União, um dos locais onde Carlos Miguel colocou o seu livro à venda.

380 fotos que explicam o Carnaval a quem não é de Torres Vedras

Esta obra, que compila 380 fotos do Carnaval tiradas entre 1990 e 2018, foi atribuída à Promotorres, segundo o jornal Tornado, precisamente no dia em que foi lançada no Grémio Artístico Torreense. Nessa sessão de apresentação o autor salientou que o seu livro nasceu do seu “vício pela fotografia, mas também da necessidade de explicar o que é o Carnaval de Torres a quem não é de Torres”.

Natural de Torres Vedras, Carlos Miguel revelou ao Público que “há muito que pensava em reunir uma coletânea que mostrasse a diversidade do Carnaval de Torres”, confessando ainda que a publicação foi preparada por si e por amigos ao longo do ano de 2018.

Carlos Miguel rejeita as incompatibilidades entre a sua profissão e o livro

O antigo presidente da Câmara rejeita qualquer tipo de incompatibilidades e afirma que se certificou, antes da edição do livro, que o cargo que exerce não o impedia de colocar à venda em locais de comércio regular os seus livros. “Só seguro de que assim era e sabendo que situações idênticas têm existido, avancei para a edição”, disse Carlos Miguel ao mesmo órgão de comunicação.

Carlos Miguel

Foto: página oficial de Carlos Miguel no Facebook

Promotorres justifica a sua grande compra

A Promotorres, empresa municipal responsável pela organização do Carnaval, justificou ao jornal Público a compra de um grande número de livros, dizendo que lhe compete “a divulgação e promoção do evento” e que o livro de Carlos Miguel “constitui um importante testemunho sobre o Carnaval de Torres Vedras”.

Segundo César Costa, presidente da empresa, a Promotorrescomercializa o livro diretamente junto do público” e “utiliza o livro como oferta em situações de representação ou agradecimentos”.

LÊ TAMBÉM: MAN BOOKER INTERNATIONAL PRIZE 2019 PARA JOKHA ALHARTHI – O RECONHECIMENTO DE UMA VOZ ÁRABE