Diabo_na_Cruz_site
Fotografia: Divulgação

11 anos depois, os Diabo na Cruz anunciam fim da carreira

Depois de 11 anos de atividade e com um álbum lançado no ano passado, os Diabo na Cruz revelaram que vão dar como terminado o seu percurso. A banda promete cumprir os concertos agendados, mas já sem Jorge Cruz na voz e na guitarra.

“O grupo concluirá a Tour sem a presença do seu vocalista, guitarrista e compositor, Jorge Cruz, que em breve fará um comunicado”, escreve a banda relativamente ao seu principal compositor.

Em declarações à Lusa, o agente dos Diabo da Cruz esclarece que o vocalista já não se sentia integrado na banda. “O Jorge já não se sentia bem a fazer o que fazia e o projeto chegou ao fim. Estava combinado que o disco [Lebre], de 2018] fazia o fecho, e depois os concertos, mas o Jorge achava que já não faz sentido fazer esse papel“, refere.

11 anos de Vida de Estrada

Ao longo destes anos, os Diabo na Cruz editaram quatro álbuns de originais, um EP e um disco ao vivo. Lançado em outubro do ano passado, o mais recente disco chama-se Lebre. A digressão de apresentação deste trabalho teve direito a concertos no Coliseu dos Recreios e no Coliseu do Porto.

A banda é composta atualmente por Bernardo Barata, João Pinheiro, João Gil, Manuel Pinheiro e Sérgio Pires.

Os Diabo na Cruz ficaram conhecidos pelos seus concertos enérgicos; assinaram temas como Dona Ligeirinha, Vida de Estrada ou Moça Esquiva.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Prémios PLAY
Quais os melhores – e piores – ‘looks’ desta edição dos Prémios PLAY