Depois de dois anos atípicos para o Festival Eurovisão da Canção em Portugal, com a vitória de Salvador Sobral em 2017 e a realização do evento em Lisboa no ano passado, tudo voltou ao “normal” nas audiências do programa.

A final da edição deste ano do Eurovision Song Contest foi vista este sábado (18) na RTP1 por uma média de 554 mil espectadores, correspondentes a 5,7% de audiência e 14,4% de share. Este valor representa uma quebra de 994 mil espectadores face à final do ano passado, realizada no Altice Arena, que foi vista por 1 milhão e 548 mil.

Na média de todo o período em que a Eurovisão esteve no ar, SIC e TVI registaram ambas uma média de 5,9% de audiência, não deixando a RTP1 a grande distância. Com excepção de um pico de 7,6% de audiência atingido às 21h46, a final da Eurovisão esteve maioritariamente em terceiro lugar até ao final de Valor da Vida (9,1% / 21,1%).

A RTP1 subiu ao segundo lugar quando o penúltimo capítulo da novela da TVI chegou ao fim, e com o fim de Alma e Coração ascendeu finalmente à liderança. A revelação das votações foi líder de audiências no horário, rondando os 21% de share no momento da consagração de Duncan Laurence.

De volta ao meio milhão

Apesar da quebra brutal face a 2018 e 2017, o valor do Festival está em linha com os resultados obtidos nas finais dos anos anteriores à vitória de Salvador Sobral, que rondaram o meio milhão de espectadores. Se excluirmos esses dois anos atípicos, foi o melhor resultado desde 2013, quando a final foi vista por 580 mil espectadores.

Lê também: Eurovisão 2018 é a mais vista da última década em Portugal

A final menos vista de sempre continua a ser a de 2000, que registou apenas 4,8% de audiência. Nesse ano Portugal foi afastado da competição pelos maus resultados de 1999, o que levou a RTP a exibir a final em diferido às 23 horas. Entre as edições transmitidas em direto, a pior final foi a de 2015, com 504 mil espectadores (5,3%).

A decisão do título de campeão nacional de futebol e os festejos dos benfiquistas não terão sido alheios ao baixo resultado da Eurovisão em Portugal, tendo feito mossa em todos os canais generalistas neste sábado.