Game of Thrones é um fenómeno de popularidade tão grande que não só influenciou imensos jovens pelo mundo fora, como também serviu de inspiração para o álbum de Taylor Swift, Reputation. Segundo a artista, o fascínio pelas Crónicas de Gelo e Fogo começou em 2016.

Eu consigo evitar qualquer tipo de informação“, começou a cantora, enquanto explica que se consegue manter longe de qualquer spoiler – embora já tivesse uma ideia da catástrofe que iria acontecer no famoso e sanguinário Red Wedding – explicou a cantora de ME! à Entertainment Weekly.

Embora confesse que começou a assistir a série apenas por prazer de entretenimento, rapidamente o seu interesse pelo mundo criado por R. R. Martin cresceu, começando a infiltrar-se na sua imaginação. Swift acrescenta ainda que Reputation é um álbum dividido em duas partes, a primeira sobre vingança, e a segunda sobre a procura pelo amor e “algo sagrado durante todos os gritos de batalha“.

Look What You Made Me Do e a lista de Arya Stark

O primeiro single de Reputation Look What You Made Me Do -, um sucesso estrondoso em 2017, foi, aparentemente, inspirado na lista de mortes planeadas por Arya Stark. Muito se escreveu, na altura do lançamento da música, que a letra traria um conjunto de farpas para Kanye West, mas segundo Swift, tudo não passou de uma especulação dos media, apesar de afirmar que “as músicas eram baseadas naquilo que eu estava a passar, mas via-me através de um filtro de Game of Thrones“.

Para além de Look What You Made Me Do, houve várias outras canções do álbum a ser inspiradas pela série. King of My Heart, foi inspirada pelo romance entre Khal Drogo e Daenerys, sendo que o som dos tambores ouvidos na música são, segundo Swift, influenciados pelos tambores dothraki.

Escrevi I Did Something Bad depois de Arya e Sansa terem conspirado para matar o Littlefinger“, confessou a cantora.

A admiração por Game of Thrones, porém, é mais forte do que pensamos. Taylor Swift confessou-se totalmente fascinada pelo universo criado por R. R. Martin – que chega no próximo dia 19 de maio ao derradeiro capítulo, na HBO – e que mais do que uma inspiração musical, é uma inspiração muito pessoal. “Toda a minha visão sobre contar histórias foi moldada por Game of Thrones. Ensinou-me a ser mais enigmática na forma como conto as minhas histórias“, afirma Swift.

Outra razão pela qual Taylor Swift admira Game of Thrones é a forma como as personagens são construídas. “Podemos identificarmo-nos com várias personagens ao longo de um episódio“, diz a cantora. “Vamos do extremo de odiar alguém a amá-lo. Vemos que alguém é frio, mas depois são nos explicadas as razões para isso. Sinto-me muito sortuda por existir na mesma altura que Game of Thrones“.

Quem deve acabar no Iron Throne?

Para Swift, não há muitas dúvidas. “Daenerys, Arya ou Sansa“. “Mas, se é para ser realista, penso que Sansa é a que tem mais capacidades de dominar, de forma corajosa, com bom comportamento“. Mas, e com Arya, o que aconteceria? “A Arya seria Hand of the King!“, finaliza.

Game of Thrones vai para o ar no Syfy, aos domingos, pelas duas da manhã, e no dia seguinte pelas 22h15. Pode também ser vista na plataforma de streaming HBO Portugal. A oitava temporada é a última e restam apenas três episódios.

Lê também: ‘Game of Thrones’: as assustadoras origens verídicas dos White Walkers