O primeiro ensaio de Conan Osiris no palco da Expo Tel Aviv, na cidade israelita, aconteceu este domingo (5), pouco depois das 13h de Lisboa.

O cantor apresentou-se em palco acompanhado pelo dançarino João Reis Miranda, que já tinha sido seu parceiro no Festival da Canção. O palco mantém-se em tons pretos e vermelhos, sendo a roupa um kimono em tons verdes, numa combinação que remete de imediato para a iconologia da bandeira nacional. A popular máscara dourada é agora preta. Desapareceram também as garras douradas. Os jornalistas do Eurovoix falam de “uma visão futurista em verde“, enquanto o ESCKaz refere “um ensaio bom e com uma prestação vocal muito boa“, mas admite dúvidas de que “o espectador médio se ligue à atuação“.

A atuação decorreu sem problemas ou incidentes a registar, sendo a prestação vocal segura e em linha com aquela que foi registada na final nacional. A coreografia é também similar, sendo notado que João deixa de fazer o salto mortal no momento inicial da música. A imprensa no local esteve atenta à atuação e reagiu positivamente, com aplausos, à primeira passagem do cantor português pelo palco de Telavive.

Fotografia: Eurovision.tv

Conan Osiris, cujo nome verdadeiro é Tiago Miranda, tem 30 anos e é natural de Lisboa. Telemóveis, o tema com que concorre ao Festival Eurovisão da Canção, junta géneros tão diversos como o fado e a eletrónica. O trabalho Adoro Bolos, lançado no fim de 2017, trouxe-o às luzes da ribalta. Sabe mais sobre o novo amuleto da música portuguesa” no Espalha-Factos.