Jovens alunos e ex-alunos da Faculdade de Belas-Artes, juntam-se no mesmo espaço para mostrar trabalhos artísticos. As Galerias Abertas das Belas-Artes decorrem dia 18 e 19 de maio.

Multimédia, desenho, pintura, escultura, design, ciências da arte e do património. São várias áreas onde os jovens dos vários cursos dão largas à imaginação.

Duas gerações juntam-se naquela que é já a 13º edição das Galerias Abertas das Belas-Artes (GAB-A). Esta não é uma simples galeria, mas uma forma de os jovens autores partilharem o seu trabalho com públicos exteriores.

“As GAB-A são um evento de partilha com públicos exteriores que depende da vontade dos seus participantes, das solicitações, motivações, e da oportunidade e convites que, depois de cada edição, lhe são dirigidas”, de acordo com as informações divulgadas pela Faculdade de Belas-Artes.

Cartaz da 13ª edição GAB-A

Gepostet von Galerias Abertas das Belas-Artes am Mittwoch, 1. Mai 2019

As obras expostas são da autoria e escolha de cada aluno – desde os que frequentam a escola há seis meses, até aos que frequentam licenciaturas, mestrados e doutoramentos – e também dos ex-alunos participantes. O desafio é que tenham autonomia e sejam capazes de fazer uma autocrítica ao próprio trabalho para saber o que o público quer ver.

As galerias abertas funcionam como exposição, mas também como fórum de arte atual que resulta de investigação artística e das obras produzidas no estabelecimento de ensino superior.

A investigação interdisciplinar é uma das preocupações da Faculdade – em qualquer área de licenciatura, mestrado, pós-graduação ou doutoramento – de forma a encontrar pontos de cruzamento e diálogo.

LÊ TAMBÉM: LEGO LANÇA PEÇAS EM BRAILLE PARA A APRENDIZAGEM DE CRIANÇAS INVISUAIS

Em qualquer das áreas, a perspectiva transversal, que permite encontrar pontos de cruzamento e diálogo, está solidamente ancorada numa preocupação científica de investigação interdisciplinar.

Os jovens vão ter oportunidade de ver as suas obras expostas e de trocar experiências com o público que são convidados a admirar a arte dos jovens artistas.

A entrada é livre e as GAB-A decorrem entre as 14h e as 19h no Largo da Academia Nacional de Belas-Artes, Lisboa.