No dia 5 de maio, a Rádio SIM traz de volta a Lisboa mais uma edição de Chá Dançante, um evento que recupera a tradição e convida o público para um pé de dança entre cada chávena de chá.

Inspirada nos chamados chás dançantes, bailes sem traje de cerimónia que começavam durante a tarde e se prolongavam até à noite, a iniciativa da Rádio SIM conta já com uma década de existência.

Trata-se de uma oportunidade única “para dançar rumbas, cha-cha-chas, tangos e muito mais ao som da Orquestra Royal, que irá tocar ao vivo para que nunca falte o ritmo”, adianta em comunicado a entidade promotora.

Foto: divulgação

À semelhança das edições anteriores, o evento junta os locutores e os ouvintes da Rádio SIM para uma tarde diferente, ao som das melhores músicas dos anos 50 aos 80, executadas ao vivo por oito músicos da Orquestra Royal.

A edição deste ano do Chá Dançante decorre no próximo dia 5, na Voz do Operário, em Lisboa, entre as 15h e as 19h.

Os bilhetes têm um custo de 4 euros (lugar de bancada) e 6 euros (lugar à mesa) e podem ser adquiridos nas instalações da Rádio SIM, situadas na Quinta do Bom Pastor, nos dias úteis das 09h30 às 17h30.

A Rádio SIM, do Grupo Renascença Multimédia, nasceu em 2008 e, desde então, tem procurado oferecer um produto feito à medida para os ouvintes essencialmente acima dos 55 anos.

A música até ao início da década de 1980, sobretudo portuguesa, é a principal aposta da estação.

Lê também: Dia Mundial da Dança: os “pequenos”, mas grandes, talentos da dança portuguesa