Não há apenas influencers da moda ou do fitness. Há também influencers na área da nutrição, seguidas por milhares de pessoas que procuram receitas, mas também informação sobre o mundo complexo que é a nutrição. O Espalha-Factos mostra-te os perfis de algumas das influencers da saúde.

Seguidores atrás de seguidores que são atraídos pelas fotografias apelativas das receitas saudáveis e pelas informações esclarecedoras sobre saúde, nutrição ou desporto.

Em poucos minutos ou em poucos caracteres numa publicação, as influencers explicam vários temas com base nos seus conhecimentos e áreas de profissão.

Na era da desinformação, também os mitos da alimentação se propagam pelos media e pelas redes sociais. Estas influencers procuram desmistificar ideias ancestrais ou ideias atuais infundadas. Conhece algumas delas e o que partilham no Instagram ou nas páginas pessoais.

Carolina Reis ou @_carolina.reis

Girassol da Carol diz-te alguma coisa? É a marca criada por Carolina Reis e que consiste numa pasta feita a partir de sementes de girassol sem qualquer adição de óleos, açúcares ou adoçantes.

Carolina Reis é enfermeira de profissão e tem um Mestrado em Nutrição Clínica. É mestre também nos instastories onde partilha grande parte da informação nutricional de forma detalhada. Basta passar nos destaques e metade das ideias pré concebidas sobre a saúde são desconstruídas.

Os detox deixam de fazer sentido, a fruta deixa de ser um tormento e os rótulos passam a ter uma leitura fácil. Quanto às receitas, estas são simples, na maioria com alimentos acessíveis e sem nomes estranhos.

View this post on Instagram

Mais uma forma de adicionarem legumes na refeição! Com massa 😍 Aqui está cenoura, curgete, espinafres e tomate 😊 fiz primeiro um refogado, adicionei os legumes, a massa, um pouco de tomate triturado, atum ao natural, misturar com temperos a gosto e já está! Comer bem ✔️ comer de forma variada ✔️ comer de forma saborosa ✔️ comer de forma económica ✔️ . #alimentaçaocomsentido #healthylifestyle #fitnessportugal #sagafitpt #healthychoices #healthyfood #delicious #eatclean #comidadeverdade #instafood #healthyfood #fitfood #healthy #iifym #comidasaudavel #influencer #blogger #healthylifestyleblogger #pequenoalmocosaudavel #healthybreakfast #saudavel #yummy #foodporn #womenshealth #juntossomosmaisfit #workshopcomsentido #health #nutrition

A post shared by Carolina Reis (@_carolina.reis) on

Mafalda Rodrigues de Almeida ou @mafaldaralmeida

Gere a página de Instagram, produz conteúdos para o blog Loveat, dá consultas de nutrição e realiza workshops também na área da alimentação saudável e consciente.

O dia só tem 24h, mas Mafalda consegue ainda encaixar no dia a dia os treinos com o personal trainer Welington Pereira.

A nutricionista tem apostado na divulgação de informação. Quer através da rubrica mensal sobre alimentação saudável no programa Faz Sentido do canal SIC Mulher, quer através dos workshops, Mafalda tem sido uma voz ativa da nutrição.

Os próximos workshops estão agendados para os dias: 11 de maio, em Braga; 12 de maio, no Porto; 18 de maio em Carnaxide; e 22 de junho em Belas.

Joana Ferreira Duarte ou @pernafina

O blog Perna Fina nasceu em 2013. Depois vieram as redes sociais, cerca de 12 mil pessoas incentivadas no Instagram e uma perna, literalmente, mais fina.

Hoje Joana Ferreira Duarte partilha receitas quer de comida, quer de como dar a volta à saúde, falando da sua experiência de reeducação alimentar ao longo do tempo em que perdeu 25 quilos.

Em destaque no Instagram há ainda truques de beleza, sessões de treino e ideias de produtos saudáveis para comprar no supermercado. Recentemente, Joana voltou ao canal de Youtube com o tema “Temos Todos”.

LÊ TAMBÉM: VEGGIEWORLD: O MAIOR FESTIVAL DE VEGANISMO REGRESSA A LISBOA

Inês Pais ou @inesrpais

É formada em psicologia, mas foi a cozinha que lhe deu a volta à mente. Os processos mentais entram também nas receitas, mas não para serem estudados. São testados e provados.

Nos pratos criados por Inês não faltam cores, nem gostos em cada fotografia partilhada. As receitas são vegan e gluten free e muitas ensinam a entrar no mundo da alimentação vegana.

View this post on Instagram

[🇬🇧 in comments] Querem aprender a fazer QUALQUER “leite” vegetal? É muito mais simples do que parece ☺️ e muuuito mais barato. Seguem-se algumas notas: – Para os “leites” de frutos secos mais comuns, “leites” de sementes e também “leite” de aveia, o processo é sempre igual: 1️⃣ Demolhar; 2️⃣ Triturar (na liquidificadora); 3️⃣ Coar. Podem ver como nos destaques dos meus stories em “🥛 amêndoa”; – O tempo ideal de demolha varia consoante o fruto seco: 8-12h para amêndoas, 2-6h para cajus e 4-7h para nozes. No caso das sementes de girassol e das pevides de abóbora, 6-8h. Para o “leite” de aveia, feito com flocos de aveia, os mesmos devem ser demolhados por 30 min a 8h. A água da demolha deve ser sempre rejeitada, dando uma passagem por água; – Normalmente uso 1 mão cheia do ingrediente em questão para 2-3 cháv de água + uma pitada de sal, mas é completamente ajustável e para um sabor mais intenso e maior cremosidade basta aumentar a quantidade desse ingrediente; – Opcional: para adocicar e/ou deixar o sabor mais interessante, gosto de juntar paus de canela, estrelas de anis e 1-2 tâmaras na fase da demolha (depois para a liquidificadora apenas vão as tâmaras), ou podem optar por colocar apenas 1 c. chá de xarope de tâmaras/ácer/agave, quando triturarem; – O 3.º passo (coar) pode ser feito com um coador de rede fina mas o ideal é usarem um pano coador ou uma rede de musselina; – Para o “leite” de coco, não é necessário o 1.º passo: basta triturar logo coco ralado com água (e a opcional tâmara s/ caroço), seguindo-se o 3.º passo. O mesmo acontece para os “leites” de pistáchio, avelã, pinhão, macadamia, castanha do Brasil e sementes de cânhamo descascadas; – Para o “leite” de arroz, os passos 2 e 3 mantêm-se mas o 1.º passo é cozer o arroz; – O “leite” de soja precisa dos 3 passos (o tempo ideal de demolha dos feijões de soja é 8-12h) mas tem também um 4.º passo: cozer o “leite” numa panela por cerca de 20 min, mexendo; – Em geral, os “leites” vegetais aguentam cerca de 3 dias no frigorífico; – As sobras sólidas depois de coar podem ser reaproveitadas – por ex, colocar em molhos, smoothies, bolachas, etc. Também podem ser congeladas para usar mais tarde.

A post shared by Inês Pais (@inesrpais) on

Inês faz ainda uma partilha de factos sobre a alimentação e o ambiente de forma a contribuir para a consciencialização dos seus seguidores sobre temas pouco explorados.

Ana Isabel Monteiro ou @laranja.lima.nutricao

É nutricionista de profissão, blogger e recentemente tornou-se vegetariana. Laranja lima nutrição, como é conhecida, partilha receitas, dá dicas e responde frequentemente às questões dos mais de 40 mil seguidores.

Além no Instagram, Ana Isabel Monteiro usa o blog para partilhar artigos mais completos sobre nutrição. A última publicação partilhada foi uma receita de bolo mármore sem açúcar.

 

Catarina Lopes ou @catarinalopesnutri

Catarina Lopes é nutricionista clínica funcional. Os seus conteúdos são partilhados apenas no Instagram. Mostra receitas simples, viagens apetecíveis, desafios motivadores, explica rótulos e desmistifica ideias.

A nutricionista está em constante formação para se manter atualizada e vai também partilhando alguns dos novos estudos e informações com os seguidores.

Pelo feed do Instagram vai mostrando receitas como as bowls de fruta, as panquecas e as crepiocas com a base de variados sabores e com diferentes recheios.

 

Margarida Beja ou @embanhomaria

Margarida Beja é uma fonte esclarecimento de mitos e verdades e de simplificação de ideias sobre a nossa relação com a alimentação.

A base do seu Instagram é a nutrição e o comportamento alimentar. Um dos últimos temas abordados por Margarida – não só nos instastories, como também no podcast Em Banho Maria – foi o ortorexia nervosa.

As receitas saudáveis são também outro dos conteúdos do Instagram embanhomaria. Uma das últimas partilhas foram os Flapjacks de gengibre e chocolate.

View this post on Instagram

AS ETERNAS MENTIRAS QUE NOS DEIXAM A TODOS CONFUSOS ⁣⁣ ⁣⁣ Porque hoje é dia das mentiras, em vez de deixar uma mentira, deixo antes uma coleção de coisas que “se diz” em relação à nutrição e alimentos e que são, de facto, mentira. Se tiverem mais ideias e sugestões deixem nos comentários 👇🏼⁣⁣ ⁣⁣ 🍌A banana engorda ⁣⁣ 🥖Só podemos comer um pão por dia ⁣⁣ 🥯O glúten deve ser evitado porque… nem eu sei bem porquê 🤦🏼‍♀️⁣⁣ 🥝Fruta depois das refeições fermenta/engorda/faz mal ⁣⁣ 🥛O leite é inflamatório/faz cancro/é um veneno⁣⁣ 🥘Comer hidratos de carbono depois de certa hora engorda (18 não é?)⁣⁣ 🥬Sumos detox limpam o organismo ⁣⁣ 🍠A batata doce é melhor que a batata normal e a batata normal deve ser evitada⁣⁣ 💧Beber água às refeições dilata o estômago ⁣⁣ 💊Suplementos para tudo e quanto mais, melhor⁣⁣ 🍕Pizzas, chocolates, doces e um McFlurry são “porcarias”⁣⁣ 💩Precisamos de tomar laxantes para emagrecer ⁣⁣ 🍯O açúcar engorda⁣⁣ 😶 O jejum é uma forma de desintoxicar o organismo e de dar descanso ao mesmo ⁣⁣ 🍞Temos de deixar de comer hidratos de carbono para emagrecer⁣⁣ ⁣⁣ Há muitos mais, partilhem comigo nos comentários ❤️ se tiverem ideias que não constituem dúvida podem sempre mandar mensagem 📩⁣⁣ ⁣⁣ Deixei apenas alguns que sinto que são os mais comuns. Não deixam de ser dúvidas legítimas – hoje em dia a informação é tanta que é fácil ficarmos confusos 😊⁣⁣ ⁣⁣ O que não é mentira nenhuma é o bolo que eu fiz ontem (correção @anajrneto ) que por acaso não tem glúten (lol) mas que tem chocolate, manteiga e açúcar – que é aquilo que um brownie deve ter ❤️ ⁣ ⁣

A post shared by Margarida Beja (@embanhomaria) on