O primeiro episódio da última temporada de Game of Thrones bateu recordes de visualizações. Legalmente, e através das diferentes plataformas da HBO, a premiere foi vista por mais de 17,4 milhões de pessoas. Contudo, se considerarmos as visualizações ilegais de Winterfell, o número torna-se mais estrondoso.

De acordo com a Muso – uma empresa de análise de pirataria digital – Winterfell foi pirateado cerca de 54 milhões de vezes, em 24 horas. Para além disso, as primeiras sete temporadas da série estão no top 25 das mais pirateadas este mês.

A febre de Game of Thrones é global e os dados confirmam-no. O país onde o episódio foi pirateado mais vezes foi a Índia (9,5 milhões), seguida da China (5,2 milhões) e dos Estados Unidos. Uma das justificações possíveis para o elevado número de visualizações ilegais na China pode ser a censura. Winterfell foi para o ar na Tencent com menos seis minutos que o episódio original.

Apesar do grande número de fãs que vêem a série ilegalmente, Game of Thrones continua a bater recordes de audiências. A série concedeu à HBO a sua melhor noite de streaming de sempre. Já em Portugal, Winterfell foi responsável pela melhor audiência do ano do canal SYFY.

A série regressa na madrugada de segunda-feira (22) para o segundo episódio daquela que é a temporada final.

LÊ TAMBÉM: ‘Game of Thrones’: Vão existir dois finais diferentes para a mesma história