Após inúmeros remakes e sequelas, a nova versão do clássico Child’s Play, em português O Boneco Diabólico, aproxima-se a passos largos. Com estreia marcada para 20 de junho nas salas de cinema portuguesas, os segredos da produção têm vindo a ser anunciados pouco a pouco, incluindo o mais recente visual do famoso assassino Chucky.

O novo poster, anunciado pela conta oficial de twitter do filme, revela o que seria expectável de uma abordagem moderna ao personagem. A sofisticada animação mostra Chucky, escondido nas sombras, armado com a sua, já familiar, faca, numa mescla entre o amoroso e ameaçador.

A adição de olhos vermelhos, em contraste com o habitual azul elétrico, reforça a nova dimensão tecnológica que será introduzida na fórmula de Child’s Play. De facto, o filme irá afastar-se da ideia central de possessão demoníaca para abordar os possíveis riscos do progresso, numa adaptação da narrativa dos anos 80 aos dias de hoje.

Chucky e Alex Vincent no primeiro filme de Child’s Play (1988). Fonte: IMDB

O que se sabe até agora

O primeiro trailer de Child’s Play veio a público em meados de fevereiro e, com ele, chegaram as imagens de uma narrativa nunca antes experimentada pelo franchise: a automatização em excesso do mundo contemporâneo e como esta, facilmente, pode correr mal.

Assim, Chucky ganha vida na fábrica de Buddi Dolls, quando um trabalhador decide remover as restrições de violência pré-programadas no boneco, suicidando-se em seguida.

À semelhança do enredo original, o brinquedo chega a casa do pequeno Andy (Gabriel Bateman). O que seria apenas uma inocente prenda de aniversário oferecida pela mãe do rapaz (Aubrey Plaza), transforma-se numa série de ocorrências sinistras, que apontam para a possibilidade de Chucky ser mais do que um simples objeto.

Child’s Play é uma produção de David Katzenberg e Seth Grahame-Smith, conhecidos pelo seu enorme sucesso com a versão de 2017 de It (em português A Coisa). O historial prévio dos dois produtores traz uma renovada esperança ao franchise, cada vez mais satirizado pelas suas tentativas infortunas de misturar comédia com horror e gore.

A banda sonora do filme está a cargo do compositor Bear McCreary, responsável pela componente musical de produções como The Walking Dead e God of War. O autodenominado King of Monsters promete criar melodias arrepiantes para o filme, reforçando mais uma importante imagem de marca de Child’s Play.

Mark Hamill – De Luke Skywalker a boneco assassino

No entanto, estas não são as únicas adições surpreendentes ao clássico. Mark Hamill, ator que dá vida a Luke Skywalker na saga Guerra das Estrelas, será a nova voz de Chucky, em substituição de Brad Dourif e da sua emblemática gargalha.

“Mal posso esperar por dar vida a uma personagem tão icónica e apresentá-la de uma maneira nunca antes vista”, revelou Hamill na sua conta oficial de twitter.

Katzenberg também comentou a prestação de Hamill: “Sentimo-nos incrivelmente sortudos por criar uma nova visão de Chucky. Mark é um ator talentoso e aceitou este desafio com incrível energia e compromisso”.

Mark Hamill parece estar familiarizado com o papel, visto que já, anteriormente, emprestou a voz a Chucky, na série de comédia online Robot Chicken. Todavia, o ator confirma que, desta vez, o boneco terá uma origem diferente, longe de abordagens mais cómicas.

Para os fãs da saga, resta apenas esperar pela estreia do tão aguardado remake. Entretanto, amanhã, dia 18 de abril, será lançado um novo trailer para o filme, que irá mostrar um pouco mais de Chucky em ação.