O Syfy está a transmitir Game of Thrones em maratona desde o dia 8 de abril e, no dia da estreia da nova temporada, bateu o seu novo máximo anual nas audiências. Os primeiros minutos de transmissão da nova temporada ficaram em primeiro lugar no horário, mostram os dados da GfK obtidos em primeira mão pelo Espalha-Factos.

O canal de fantasia e ficção científica registou 2,5% de share este domingo, coroando com um novo recorde aquela que já tinha sido uma semana de resultados acima da média. O Syfy tem uma média de 0,3% de share diário nos primeiros quatro meses do ano. No entanto, desde o dia 8 nunca obteve menos de 0,5%.

Os números estiveram em crescendo desde segunda-feira (8), em que o canal marcou 0,5%. Seguiram-se 0,6% na terça, 0,8% na quarta, 0,7% na quinta, 0,8% na sexta e 1,2% no sábado, com a transmissão da sexta temporada.

Lê também: Onde e como ver a oitava temporada de Game of Thrones?

Sétima temporada e estreia duplicam valores

A exibição da sétima temporada e o resultado de parte do episódio de estreia, que só foi emitido às duas da manhã, contribuíram para a quota de mercado de 2,5%, que duplica os valores do dia anterior e representa um share sete vezes superior à média do canal.

Os melhores números do dia foram registados entre as 20h50 e as 00h15, no período correspondente à emissão dos episódios 3, 4, 5 e 6 da season 7. Nesse período, o canal marcou 1% de audiência média e 2,5% de share.

Estreia da nova temporada lidera a nível nacional

A audiência da nova temporada só poderá ser avaliada de forma global na terça-feira (16), pois o ciclo de medição de audiências é contado entre as 02h30 e as 26h30 e, desta forma, não é possível obter os valores completos para o primeiro episódio, que terá uma nova transmissão no canal quando forem 22h15, contudo os primeiros valores apurados afiguram-se bastante positivos.

Nos primeiros 30 minutos de exibição do episódio 1 da oitava temporada, em simultâneo com os Estados Unidos, o Syfy conquistou uma audiência média de 0,8% e um share de 9,4%, liderando entre todos os canais portugueses neste período horário. A SIC, de sinal aberto, não teve mais espectadores.