Fonte: Unsplash

Já são conhecidos os nomeados para o Man Booker International Prize 2019

O prémio britânico para o melhor livro de ficção anunciou a sua shortlist de seis autores, incluindo a vencedora do ano passado, a polaca Olga Tokarczuk. O vencedor é anunciado dia 21 de Maio, e ganhará um prémio monetário de cerca de 58 mil euros, dividido igualmente com o tradutor da obra.

As nomeações do Man Booker International Prize para 2019 incluem autores de seis nacionalidades diferentes (Oman, França, Alemanha, Chile, Colômbia, e Polónia), e abrangem cinco línguas (árabe, francês, alemão, espanhol e polaco). Sabedoria, criatividade, lucidez e inteligência aliados a “narrativas inesperadas e imprevisíveis” são algumas das características que os jurados destacam.

Os nomeados

A autora polaca Olga Tokarczuk venceu em 2018 com a sua obra Flights (lançado recentemente em português com o título Viagens), traduzida por Jennifer Croft, também publicado pela Fitzcarraldo Editions. Se vencer de novo este ano será a primeira autora a ganhar por duas vezes este prémio.

Outros nomeados incluem o romance de estreia da autora Alia Trabucco Zerán, a primeira nomeada do Golfo Árabe, Jokha Alharthi, e o galardoado romance de Annie Ernaux, vencedor do Prix Renaudot em França e do Premio Strega em Itália.

O romance de Juan Gabriel Vásquez é o único destas obras nomeadas já disponível em Portugal, editado pela Alfaguara com o título de A Forma das Ruínas.

Foto: Man Booker Prize website

O melhor do que se traduz para inglês

O Man Booker International Prize é um prémio que pretende celebrar o melhor da literatura traduzida para inglês, publicado no Reino Unido nesse ano.

A atribuição deste prémio acontece desde 2016, quando deixou de ser um prémio atribuído a cada dois anos pelo conjunto da obra de um autor influente que publicasse em inglês ou cuja obra estivesse traduzida para essa língua.

Desde há três anos que passou a ser um prémio anual para uma obra de ficção traduzida, organizado em parceria com o Independent Foreign Ficton Prize, honrando assim também editoras menores, independentes, que neste caso tenham um forte catálogo de literatura traduzida em inglês.

Tanto contos como romances são elegíveis, e o prémio é dividido igualmente entre o autor da obra e o seu tradutor no Reino Unido, o que chama também à atenção para o valioso trabalho do tradutor, essencial ao acesso generalizado à literatura feita além-fronteiras.

Grandes nomes da literatura contemporânea

A lista de vencedores deste prémio inclui também A Vegetariana de Han Kang (traduzido para inglês por Deborah Smith, publicado pela Portobello Books) e o autor israelita David Grossman, com o seu romance Um Cavalo Entra Num Bar (traduzido por Jessica Cohen e publicado pela Jonathan Cape).

Nos últimos dois anos houve  também nomeados de luxo como Mathias Enard, Amos Oz, Orhan Pamuk, José Eduardo Agualusa, Muñoz Molina e Virginie Despentes.

O vencedor do prémio de 2019 será anunciado dia 21 de Maio.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
nuno andré ferreira
Nuno André Ferreira. World Press Photo premeia fotógrafo português