AMC está a planear mais uma série baseada no universo de The Walking Dead. Será a terceira série do franchise e tem como protagonistas duas mulheres que crescem no mundo dos mortos-vivos. O spin-off ainda sem título será filmado este verão e exibido em 2020.

Após Fear the Walking Dead, a AMC avança com uma nova série que promete manter vivo o universo dos zombies. Scott Gimple, diretor de conteúdo do franchise, está a criar a nova série, juntamente com Matt Negrete, escritor e produtor que será o showrunner.

spin-off terá duas jovens mulheres como protagonistas, mas ainda pouco se sabe sobre a narrativa. A série vai passar-se durante o apocalipse e foca-se nestas duas personagens. As suas escolhas e o que devem fazer para sobreviver.

A escolha de duas protagonistas femininas parece ser uma estratégia clara da estação de televisão. Sarah Barnett, presidente das Entertainment Networks e responsável pela AMC, explicou à Variety que esta escolha vai ao encontro das preferências do público.

Lê Também: Quatro sugestões para ver em abril na HBO Portugal

Audiências mais baixas, mas lucro mantém-se

As audiências de algumas transmissões de Walking Dead têm vindo a descer. De um pico de audiências de 14.38 milhões de espectadores, atingiu um mínimo de 6.8 milhões no décimo episódio da mais recente temporada.

No entanto, o franchise continua a ser bastante lucrativo. O lucro ronda uma média de aproximadamente 368 mil euros por anúncio entre episódios. Em 2018, as duas séries do franchise terão arrecadado quase 213 milhões de euros, ainda que este número represente uma queda de 8.4% em lucro, em comparação com o ano anterior.

Para Sarah Barnett, este franchise é algo que todas as estações de cabo ou serviços de streaming desejam ter. The Walking Dead começou em 2010 e conta já com um spin-off. Os primeiros dez episódios da nova série serão filmados na Virgínia, Estados Unidos da América, ainda este verão.