O dia 27 de março assinala o Dia Mundial do Teatro e claro que o Espalha-Factos não o podia deixar em branco. Foi o Instituto Internacional de Teatro que, em 1961, juntamente com a UNESCO, declarou este como o dia de celebração mundial desta arte tão especial. E, como já vem sendo habitual, não faltam, de norte a sul do país, celebrações que incluam homenagens, exposições e espetáculos com entrada gratuita. Fica a conhecer as iniciativas nas quais podes participar neste dia tão especial.

Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa

Foto: ‘Frei Luís de Sousa’ de Garrett – D. Maria II | divulgação/Filipe Ferreira

O Teatro Nacional D. Maria II irá celebrar a data mais importante da sua arte predilecta com várias iniciativas gratuitas ao longo do dia e nas quais podes ainda participar. Frei Luís de Sousa, o clássico texto de Almeida Garrett, voltou à cena após vinte anos e será uma das peças em destaque neste dia. Mediante levantamento na bilheteira do teatro a partir das 13h desta quarta-feira, qualquer pessoa poderá assistir ao espetáculo gratuitamente, em cena na Sala Garrett, às 19h. Encenado por Miguel Loureiro, um texto clássico de um autor que marcou o teatro português não poderia faltar às celebrações de um dia tão importante.

No mesmo dia, o D. Maria II inaugura a exposição José Marques: Fotógrafo em cena.

Foto: José Marques | divulgação D.Maria II

O protagonista é o próprio fotógrafo de teatro e as imagens que captou nos seus vários anos de carreira. É um dos mais conhecidos fotógrafos de teatro do século XX e teve sempre uma relação privilegiada com o teatro. Para além das fotografias, a exposição conta com vários testemunhos em vídeo de atores que trabalharam com o fotógrafo, entre eles: Eunice Muñoz, João Mota, Jorge Silva Melo ou Rui Mendes. O espólio do artista foi adquirido pelo D. Maria II em 2013 e agora o teatro decide exibi-lo numa exposição que estará neste espaço até junho de 2020. A inauguração terá início às 15h, no átrio principal.

Teatro Nacional São João, Porto

Foto: ‘O Resto Já Devem Conhecer do Cinema’ | divulgação

O Teatro Nacional São João (TNSJ) é um dos mais importantes da cidade do Porto e não vai deixar de celebrar esta data tão importante, contando com diversas iniciativas. Começa por assinalar o dia com a estreia de uma produção própria: O Resto Já Devem Conhecer do Cinema, texto do inglês Martin Crimp. O dramaturgo recua aos tempos da tragédia grega e adapta o texto As Fenícias, de Eurípides, trazendo-o para a atualidade de uma Europa “dividida”. A peça conta com a encenação de Nuno Carinhas e Fernando Mora Ramos e promete retratar e fazer pensar os conflitos contemporâneos de forma “cómica”, “satírica” e “agreste”.

A produção da casa, feita em colaboração com o Teatro da Rainha, estreia esta quarta-feira (27) e estende-se até dia 14 de Abril (de quarta a domingo). Para mais informações consulta os preços e os horários de cada dia aqui.

As celebrações do TNSJ contam também com visitas guiadas gratuitas ao Teatro e ao Mosteiro de São Bento da Vitória. A visita ao TNSJ pode ser feita também esta quarta-feira, pelas 12h30, gratuitamente, e dá ao

Foto: ‘O Resto Já Devem Conhecer do Cinema’ | divulgação/João Tuna

visitante a oportunidade de conhecer os bastidores, o palco e até os mitos teatrais do espaço. O Mosteiro de São Bento da Vitória estará aberto às 10h30 e às 12h30 e a visita será restrita apenas à igreja devido a obras de consolidação do edifício. Os bilhetes podem ser levantados 30 minutos antes da visita, no próprio dia e estarão disponíveis traduções para visitantes estrangeiros.

Companhia de Teatro de Braga e a tragédia de Moçambique

A Antiga Mulher, de Roland Schimmelpfennig, foi o texto escolhido pela Companhia de Teatro de Braga para a celebração do Dia Mundial do Teatro. Com encenação de Toni Cafíero, a peça terá o custo simbólico de cinco euros e reverterá totalmente para a ajuda a Moçambique, através da Cruz Vermelha, após os acontecimentos da passagem do ciclone Idai.

Antes do começo do espetáculo, o ator moçambicano Rogério Boane irá ler a mensagem do Dia Mundial do Teatro de 2019, que este ano ficará a cargo do dramaturgo Carlos Céldran: o primeiro cubano a escrevê-la, escolhido pelo Instituto Internacional de Teatro.

Teatro Aberto e a ajuda a António Cordeiro

Foto: Vitorino Coragem

As celebrações do Teatro Aberto vão focar-se na solidariedade entre companheiros de palco. Serão levadas a palco as peças A verdade e A mentiral, de Florian Zeller, e as receitas acumuladas nas mesmas irão reverter para as despesas médicas do ator António Cordeiro, diagnosticado recentemente com uma patologia degenerativa rara. Ambas as peças contam com a encenação de um amigo de longa data do ator, o encenador João Lourenço.

ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve

O dia Mundial do Teatro vai ser celebrado por todos os cantos do mundo e do nosso país. No Algarve, a ACTA vai estar presente em vários locais com iniciativas diversas. No Centro Cultural de Lagos, vai ser apresentado o espetáculo Nossa Senhora da Açoteia, de Luís Campião e protagonizado pelo ator Luís Vicente. O início está marcado para as 21h30 e os bilhetes estão disponíveis aqui.

No Teatro Lethes serão feitas visitas encenadas às 10h, 14h e 21h30 – as duas sessões já se encontram esgotadas mas ainda há lugares disponíveis para a última do dia. As sessões terão interpretação de Língua Gestual Portuguesa, numa parceria com a AcessoCultura.

LÊ TAMBÉM: LISBOA HOMENAGEIA ATORES DE TEATRO COM UM “PASSEIO DA FAMA”