A edição de 2019 da Monstra – Festival de Animação de Lisboa arrancou no passado dia 20 de março, com uma programação especialmente virada para os mais pequeninos, com duas exibições da secção Monstrinha (Sessões Escolas).  Estas contaram com filmes como Dia de Lavar a Roupa, Vida Selvagem e A Toupeira de Retalhos. A programação infantil continuou com a exibição de Cai na Real, Corgi, no Cinema São Jorge. 

A sessão de abertura, a 21 de março, teve a participação da Orquestra de Cordas da Escola Superior de Música de Lisboa, que interpretou o filme-concerto ao vivo acompanhado por As Quatro Estações, de Vivaldi. Foram ainda exibidas algumas curtas provenientes do país convidado deste ano, o Canadá, com a presença da realizadora Julie Roy, e deu-se a estreia mundial do filme de Regina Pessoa, Tio Tomás – A Contabilidade dos Diascom a presença da realizadora e do produtor Abi Feijó. Pessoa empresta a esta curta memórias da sua infância, num registo autobiográfico A partir das memórias afectivas e visuais da minha infância este filme é uma homenagem ao meu tio Tomás”.

Image result for tio tomas a contabilidade dos dias
Tio Tomás e a Contabilidade dos Dias | Fonte: Público
Lê também: MONSTRA 2019: 7 FILMES QUE NÃO PODES PERDER

A Monstra também serve para nos mostrar que a animação não é só para crianças. Destacamos aqui o Triple X, uma categoria dedicada a filmes de cariz sexual. Este ano, o tema central do Triple X foi a representação da mulher através do prazer, do desejo, da objetificação sexual e do abuso.

Image result for TEAT BEAT OF SEX “TROUBLE”, Signe Baumane, Latvia, Italy, USA, 2007, 2’
Teat Beat of Sex Trouble | Fonte: Monstra

Já o fim-de-semana voltou a virar-se para as crianças com workshops para pais e filhos, sessões Baby Monstrinha e Monstrinha Pais e Filhos, que contaram com exibições dos filmes Ernest e Celestine e Há Pânico na Aldeia. As retrospectivas também marcaram o fim-de-semana – no sábado uma sessão especial dedicada ao Japão e, no domingo, uma retrospectiva dos filmes do National Film Board of Canada.