Mais de 40 artistas juntam-se num espetáculo solidário para ajudar vítimas do ciclone Idai em Moçambique. O concerto terá transmissão na RTP e Antena 1.

Mão Dada a Moçambique é o nome do concerto com o propósito de angariar fundos para oito instituições humanitárias. O espetáculo acontece às 21 horas do próximo dia 2 de abril no Capitólio em Lisboa.

Existem três tipos de ingressos: o bilhete geral que dá acesso ao concerto e terá um custo de 20 euros. Depois há dois bilhetes donativos com valores distintos (20 e 30 euros) destinado às pessoas que não podem marcar presença no espetáculo mas têm intenção de contribuir para a causa humanitária.

Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais.

União solidária com mais de 40 artistas

A ideia partiu de Selma Uamusse, artista moçambicana, e conseguiu reunir artistas lusófonos como Rodrigo Leão, Dino D’Santiago, Sara Tavares, Ana Moura, Salvador Sobral, Conan Osíris, Joana Barra Vaz, entre muitos outros.

De acordo com o evento na Facebook as verbas angariadas para as oito instituções serão repartidas em partes iguais. A organização garante que as entidades envolvidas assinaram uma carta de compromisso pública e, dessa forma,  garante a transparência e monitorização das verbas angariadas por um auditor de contas independente.

As oito organizações envolvidas são: a AMI – Fundação de Assistência Médica Internacional; Cáritas Portuguesa; Cruz Vermelha Portuguesa; Médicos Sem Fronteiras; Associação HELPO; Fundação Girl Move, a ACRAS – associação cristã de re-inserção e apoio social e a Iris Relief.

Para conferir a lista completa dos artistas convidados para este espetáculo, devem fazê-lo aqui.