A TVI já está a preparar a sua nova aposta de ficção nacional. Assinada por Maria João Mira, Prisioneira, foi apresentada à imprensa esta quarta-feira (13). Trata-se de um thriller emocional passado entre Portugal e o Médio Oriente.

Autora de novelas como A Herdeira ou A Única Mulher, Maria João Mira é a mente por detrás do novo projeto que abordará temas atuais e relevantes na nossa sociedade como a inclusão, a sociedade digital e  a predominância da pós-verdade.

A nova novela da TVI contará a história de um médico muçulmano revolucionário, Omar Maluf (personagem interpretada por Carlotto Cotta), que luta por um mundo justo e menos fraturado, enquanto vive uma paixão louca e intensa por uma portuguesa, Teresa Cunha (Joana Ribeiro). No entanto, a história de amor entre ambos rapidamente se transforma numa luta desigual pela guarda de uma criança.

Ambientada entre Lisboa e um país do Magrebe, Prisioneira é o plano de fundo para uma história de amor entre crenças e tradições, afetada por um ataque terrorista.

Do projeto fazem parte atores como Joana Ribeiro, Carlotto Cunha, Kelly Bailey, Lourenço Ortigão e Diogo Infante, assim como alguns retornados à ficção da TVI: Benedita Pereira, Paula Lobo Antunes e Tiago Teotónio Pereira, ex-concorrente da mais recente edição de Dança com as Estrelas.

A fechar o elenco estão, ainda, nomes como Vera Kolodzig, Thiago Rodrigues, Paulo Pires, Joana Seixas, Sara Prata, Rita Salema, José Wallenstein, Lia Gama, entre muitos outros.

Prisioneira não tem, para já, data de estreia, mas é dada como a substituta de Valor da Vida, atualmente no ar de segunda a sexta-feira, na TVI.