Faltam apenas dois meses para Israel receber pela terceira vez o  Festival Eurovisão da Canção. A edição de 2019 acontece na cidade de Telavive e os 41 países a concurso já revelaram quem vai fazer voar as cores da sua bandeira no certame europeu.

Este domingo, 10 de março, era o último dia em que os países podiam revelar a música com que vão concorrer no festival.

Bielorrússia e Suécia escolheram o tema que vai representar as suas nações em maio, através de uma final nacional, como é o português Festival da Canção. A estes juntaram-se Grécia, Países Baixos, São Marino, Áustria, Polónia, Macedónia do Norte, Rússia, Malta, Arménia, Suíça, Irlanda, Azerbaijão e Israel, que revelaram agora os temas provenientes da seleção interna feita pelos canais públicos de cada país.

As últimas finais nacionais

Bielorrússia

ZENA, Like It

Com apenas 16 anos, ZENA (nome artístico de Zinaida Kupriyanovich) venceu a seleção nacional bielorrussa para a Eurovisão. O ambiente eurovisivo não é estranho para a cantora, que foi uma das apresentadoras da Eurovisão Júnior do ano passado, em Minsk.

A seleção do país para este ano abriu candidaturas para todos os que quisessem participar, independentemente do país — Carlos Costa foi um dos que tentou a sua sorte. Das 113 canções, apenas 10 chegaram à final do Eurofest 2019. ZENA venceu os os outros concorrentes com 69 pontos.

A Bielorrússia atua na primeira parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Suécia

John Lundvik, Too Late For Love

Uma das finais nacionais mais acompanhada pelos fãs do concurso europeu, foi também a última da temporada. Depois de quatro semifinais e uma gala de segunda chance, o Melodifestivalen já tem vencedor definido.

O tema de John Lundvik recebeu 12 pontos de todos os oito países presentes no júri internacional (50% do resultado), do qual Portugal fez parte com a representação de Carla Bugalho Trindade, chefe de delegação portuguesa e produtora da Eurovisão em Lisboa. Too Late For Love também recebeu a pontuação máxima do televoto.

A Suécia atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Já se conhecia o artista, mas agora há canção

Grécia

Katherine Duska, Better Love

A cantora grecocanadiana Katherine Duska foi escolhida como representante da Grécia para este ano, através de seleção interna. Agora, foi dado a conhecer Better Love, o tema que vai defender no palco de Telavive. A canção foi escrita pela artista com David Sneddon, cantor escocês.

A Grécia atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Países Baixos

Duncan Laurence, Arcade

A emissora nacional holandesa selecionou internamente o artista Duncan Laurence para representar o país na edição deste ano do festival. O tema Arcade foi escrito pelo próprio. Entrou com sensação na temporada eurovisiva, saltando para primeiro lugar nas apostas.

A Holanda atua na segunda parte da segunda semifinal, a 14 de maio.

São Marino

Serhat, Say Na Na Na

Continuando a tradição de trazer de volta artistas representantes de anos anteriores, este ano é Serhat quem regressa ao palco da Eurovisão pelo microestado de São Marino. O artista turco representou o país em 2016 com I Didn’t Know e volta com Say Na Na Na, escrita e composta pelo próprio.

São Marino atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Áustria

PAENDA, Limits

A emissora austríaca selecionou internamente a artista PAENDA para representar o país no 64.º Festival Eurovisão da Canção. Nome artístico de Gabriela Horn, vai interpretar o tema Limits em maio.

A Áustria atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Polónia

Tulia, Pali się (Fire of Love)

O quarteto polaco Tulia foi a escolha da emissora polaca para este ano. Conhecidas pelos temas que conjugam cantar tradicional com uma produção musical moderna, as artistas elaboraram uma nova versão de Pali się, tema presente no seu último álbum e que agora apresenta versos em inglês.

A Polónia atua na primeira parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Macedónia do Norte

Tamara Todevska, Proud

A representante da Macedónia do Norte (antes A.R.J. Macedónia) para 2019 já é familiar aos fãs do concurso. Tamara Todevksa pisa o palco do festival pela primeira vez a solo, depois de ser parte dos coros em 2004 e 2014 e parte do trio que representou o país em 2008. É também irmã de Tijana Dapcevic, representante de 2014.

A cantora dedica Proud à sua filha e a “todos os que lutam pelos seus sonhos e acreditam na sua grandeza.”

A Macedónia do Norte atua na segunda parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Rússia

Sergey Lazarev, Scream

Sergey Lazarev representou a Rússia na Eurovisão de 2016 com You Are The Only One e tornou-se um favorito entre os eurofãs. Depois de vários rumores, a emissora russa confirmou o regresso do cantor.

Este ano, interpreta a balada Scream. O tema foi produzido por Philipp Kirkorov, composto por Dimitris Kontopoulos, escrito por Sharon Vaughn e tem a participação da Orquestra Sinfónica de Moscovo.

A Rússia atua na segunda parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Malta

Michela, Chameleon

Malta usou pela primeira vez um concurso de talentos para definir o seu representante na Eurovisão. Michela Pace foi a grande vencedora do X Factor Malta e, além do primeiro lugar, ganhou a oportunidade de representar o país no certame europeu.

A cantora de 18 anos sobe ao palco em maio para cantar Chameleon.

Malta atua na segunda parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Arménia

Srbuk, Walking Out

A cantora Srbuk vai fazer voar as cores da bandeira arménia em Telavive. A artista foi selecionada internamente, ao contrário dos últimos anos, em que o representante era selecionado através do Depi Evratesil, seleção nacional. Em maio, canta Walking Out.

A Arménia atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Israel

Kobi Marimi, Home

O sucessor de Netta foi mais uma vez escolhido através do concurso de talentos israelita Rising Star. Kobi Marimi sagrou-se vencedor do formato como grande favorito e foi selecionado como representante de Israel na edição deste ano.

O cantor interpreta Home… em casa, tendo sido o último país a revelar a sua escolha.

Israel tem passe direto para a final da competição, a 18 de maio, por ser o país anfitrião desta edição do certame.

As últimas revelações em seleções internas

Apesar de já se conhecerem a maioria dos artistas escolhidos por seleção interna nas emissoras europeias, alguns países mantiveram o intérprete em segredo e apenas o deram a conhecer aquando do lançamento dos temas que vão levar a concurso.

Suíça

Luca Hänni, She Got Me

A Suíça esperou até aos últimos dias para revelar o artista e canção para este ano. A escolha caiu sobre Luca Hänni, através de uma seleção interna diferente do habitual: os artistas submeteram temas, que foram sujeitos à avaliação de um júri especializado (20 membros) e de um painel de espectadores (100 membros), cada um com metade da decisão final.

O tema She Got Me foi composto pelo cantor em conjunto com uma equipa de compositores suíços e internacionais.

A Suíça atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Irlanda

Sarah McTernan, 22

Tem 25 anos, mas é com 22 que sobe ao palco em maio. Sarah McTernan foi a escolha da emissora irlandesa para representar o país no certame, depois da avaliação de mais de 430 temas submetidos para consideração até ao final do ano passado por experts musicais, jornalistas e estudantes de música.

A Irlanda atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Azerbaijão

Chingiz, Truth

O tema Thruth, interpretado por Chingiz, foi o vencedor de uma seleção nacional, organizada internamente pela emissora azeri em janeiro, deixando mais de 350 outras canções para trás.

O Azerbaijão atua na segunda parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Acompanha todas as novidades sobre a Eurovisão 2019

Festival Eurovisão da Canção decorre a 14, 16 e 18 de maio de 2019 em Telavive, Israel, depois da vitória de Netta em Lisboa. Os espetáculos irão decorrer no interior do Centro de Convenções da cidade.

Espalha-Factos está a acompanhar o maior evento de música do mundo a par e passo. Acompanha todas as novidades, sempre atualizadas, no nosso site.