O famoso romance de Gabriel García Márquez, Cem Anos de Solidão vai ser adaptado como série para a plataforma Netflix. A novidade foi anunciada na passada quarta-feira (6) pelo site de notícias Buzz Feed News e, segundo o mesmo artigo, os filhos do escritor vão ser os responsáveis como produtores executivos.

O livro, datado de 1967 e vencedor de um Nobel em 1982, foi considerado uma das maiores obras primas literárias do século XX e é um clássico da literatura internacional. Agora vai ser adaptado para uma série original espanhola que vai estar disponível na famosa plataforma de streaming americana.

A série está planeada para ser filmada na Colômbia e os responsáveis pela adaptação irão ser os filhos Rodrigo García e Gonzalo García Barcha.

Capa do livro | Foto: Bárbara Carneiro

Depois da hesitação chega a adaptação

O autor Gabriel García Márquez, segundo o filho Rodrigo, teve sempre relutância em vender os direitos de uma das suas maiores obras. Para o autor, a obra teria que ser sempre adaptada na sua língua original (espanhol) e Gabriel duvidava que um filme tivesse o tempo necessário para contar a história na sua totalidade.

A qualidade das séries desenvolvidas hoje em dia, quer a nível de escrita, quer a nível cinematográfic, foram as razões que fizeram o autor e a família mudar de ideias. A Netflix tem apostado no conteúdo em língua espanhola com sucesso (como foi o caso de La Casa de Papel ou de Las Chicas del Cable) e esta parece ser mais uma.

A obra vendeu. aproximadamente, mais de cinquenta milhões de cópias e foi traduzido em 46 línguas. A história gira à roda da família Buendía e membros da família durante um século de vida, logo após o patriarca da família inventar uma cidade colombiana de nome Macondo.

Gabriel García Márquez morreu em 2014 mas a sua obra continua bem viva e a inspirar gerações de escritores por todo o mundo.

LÊ TAMBÉM: NOBEL DA LITERATURA: DEPOIS DAS POLÉMICAS, O PRÉMIO REGRESSA COM DOIS VENCEDORES