Reféns é a nova série das noites da RTP2. A intriga e a conspiração com a política de fundo dão o mote para a trama israelita, cujos 10 episódios vão estar no ar de segunda a sexta-feira. Estreia esta terça às 22h13.

A história começa na noite anterior ao dia em que Yael (Ayelet Zurer) vai operar o primeiro-ministro israelita, Shmuel Netzer (Shmil Ben Ari). Ela e a família são feitas reféns por três homens disfarçados, que querem que ela o mate na mesa de cirurgia, ou então verá a família ser executada. A narrativa torna-se ainda mais complexa quando, por detrás da máscara, se revela que o líder do sequestro é Yair, um oficial da unidade de combate ao terrorismo.

Lê também: 5 séries espanholas que a RTP2 podia transmitir

A série é descrita pelo New York Times como “estando menos interessada em política do que nas escolhas que as pessoas fazem e nos segredos que se revelam em situações de vida ou morte“, anunciando que os motivos dos raptores são difíceis de perceber.

Reféns é descrita como tensa do primeiro ao último tempo, à medida “que se formam divisões na família de Yael e entre os raptores, complicando a interpretação da dualidade vítimas vs. vilões“, o que de acordo com o jornal norte-americano faz com que “cada episódio seja arrebatadoramente imprevisível“.

A estação pública anuncia, para já, a transmissão da primeira temporada, cujos episódios têm duração entre 30 e 40 minutos. A segunda season, que tem outros 12 capítulos, está disponível em exclusivo na Netflix Portugal.