A dois meses da semana decisiva, as escolhas de representantes para Festival Eurovisão da Canção 2019, em Telavive, Israel, continuam a todo o vapor. Dos agora 41 países a concurso, depois da saída da Ucrânia, 37 já revelaram o artista ou canção que vão fazer voar as cores da sua bandeira no concurso europeu — incluindo Portugal.

A partir de agora, há mudanças nas revelações. Enquanto alguns países levam a cabo as suas finais nacionais, muitos dos países que escolheram o seu representante através de seleção interna há meses atrás dão agora a conhecer os temas escolhidos para serem interpretados em maio pelos mesmos.

NoruegaIslândiaMoldávia, Portugal, Geórgia e Sérvia já escolheram o tema que vai representar as suas nações em maio, através de uma final nacional. A estes juntam-se BélgicaFinlândia Chipre, que revelaram agora os temas que os artistas, previamente anunciados, vão cantar no palco do certame.

Com tema e artista revelados

Noruega

KEiiNO, Spirit In The Sky

Dez artistas competiram na final do Melodi Grand Prix, a seleção nacional norueguesa. Depois de passarem para uma superfinal com outros três participantes, o trio KEiiNO acabou por vencer a competição com Spirit In The Sky.

A Noruega atua na segunda parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Islândia

Hatari, Hatrið Mun Sigra

O trio Hatari, que se descreve como uma banda de “BDSM industrial“, foi o grande vencedor do Söngvakeppnin, a seleção nacional da islandesa. De cinco finalistas, passaram para uma superfinal, onde acabaram por vencer através de televoto.

A canção Hatrið Mun Sigra, que em português significa “o ódio irá prevalecer”, está envolta em polémica. Os membros da banda reiteraram que a Islândia não devia participar na edição deste ano em Israel. No entanto, uma vez que o país está a concurso, o trio equaciona a hipótese de usar a sua atuação em palco para um protesto contra as políticas israelitas.

A Islândia atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Moldávia

Anna Odobescu, Stay

Anna Odobescu foi a vencedora do O Melodie Pentru Europa, a seleção nacional moldava. A cantora irá interpretar Stay no palco de Telavive, em maio.

A Moldávia atua na primeira parte da segunda semifinal, a 16 de maio.

Portugal

Conan Osíris, Telemóveis

Favorito à vitória durante toda a corrida até ao Festival da CançãoConan Osíris acabou mesmo por vencer a competição com Telemóveis. Na Grande Final, obteve 12 pontos do júri regional e iguais 12 pontos do público, sagrando-se assim vencedor de forma totalmente consensual.

Espalha-Factos acompanhou a par e passo a seleção portuguesa para a Eurovisão. Segue todas as novidades aqui.

Portugal atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Geórgia

Oto Nemsadze, Sul tsin iare

O reconhecido cantor georgiano Oto Nemsadze foi o vencedor do Georgian Idol, o formato de talentos utilizado no país para se escolher o representante na Eurovisão. Em maio, irá interpretar Sul tsin iare.

A Geórgia atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Sérvia

Nevena Božović, Kruna

A representante da Sérvia para esta edição do festival não é desconhecida do mundo eurovisivo. Nevena Božović representou o país na edição de 2007 do Junior Eurovision Song Contest e, depois, em 2013 no festival para os mais crescidos.

A cantora voltou a vencer o Beovizija deste ano, a seleção nacional sérvia. Em maio, vai interpretar Kruna.

A Sérvia atua na primeira parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Já se conhecia o artista, mas agora há canção

Bélgica

Eliot, Wake Up

Apesar de ter sido uma dos primeiros países a revelar o artista escolhido para este ano, a Bélgica só agora lançou o tema que Eliot irá defender em maio. Wake Up foi a escolha da emissora belga.

O tema foi composto por Pierre Dumoulin, responsável pela participação do país em 2017 com City Lights, de Blanche.

A Bélgica atua na segunda parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Finlândia

Darude & Sebastian Rejman, Look Away

A escolha da emissora finlandesa caiu sobre Darude, um dos mais conhecidos DJs europeus. O artista apresentou três temas no Uuden Musiikin Kilpailu (UMK), a seleção nacional do país.

O público escolheu Look Away para representar a Finlândia em maio. O tema conta com os vocais do cantor Sebastian Rejman, vocalista da banda The Giant Leap.

A Finlândia atua na primeira parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Chipre

Tamta, Replay

Talvez a mais aguardada revelação desta temporada eurovisiva, depois do sucesso cipriota no ano passado, Replay de Tamta já está disponível na íntegra — na semana anterior ao lançamento, uma versão inacabada da música caiu na rede.

O tema do Chipre foi composto por Alex Papaconstantinou, o mesmo compositor de Fuego e de La La Love, entrada do Chipre em 2012. Já o staging do tema fica a cargo de Sacha Jean-Baptiste, que também coreografou a favorita Fuego.

O Chipre atua na primeira parte da primeira semifinal, a 14 de maio.

Os países já selecionados

São agora 37 as nações que já escolheram os representantes que vão defender o seu país no Festival Eurovisão da Canção 2019.

Para saberes mais sobre cada uma das escolhas, podes clicar no nome do país. Por ordem de seleção:

  • Arménia – Srbuk
  • Chipre – Tamta – Replay
  • Albânia – Jonida Maliqi – Ktheju Tokës
  • Bélgica – Eliot – Wake Up
  • Espanha – Miki – La Venda
  • São Marino – Serhat
  • Holanda – Duncan Laurence
  • Macedónia do Norte – Tamara Todevska
  • Malta – Michela Pace
  • França – Bilal Hassani – Roi
  • República Checa – Lake Malawi – Friend of a Friend
  • Áustria – PAENDA – Limits (tema a ser revelado)
  • Finlândia – Darude & Sebastian Rejman – Look Away
  • Rússia – Sergey Lazarev
  • Reino Unido – Michael Rice – Bigger Than Us
  • Austrália – Kate Miller-Heidke – Zero Gravity
  • Montenegro – D-Moll – Heaven
  • Itália – Mahmood – Soldi
  • Israel – Kobi Marimi – Home (tema a ser revelado)
  • Grécia – Katherine Duska
  • Polónia – Tulia
  • Estónia – Victor Crone – Storm
  • Eslovénia – Zala Kralj & Gašper Šantl – Sebi
  • Croácia – Roko – Dream
  • Letónia – Carousel – That Night
  • Roménia – Ester Peony – On a Sunday
  • Alemanha – S!isters – Sister
  • Hungria – Joci Pápai – Az én apám
  • Dinamarca – Leonora – Love Is Forever
  • Lituânia – Jurijus – Run With The Lions
  • Noruega – KEiiNO – Spirit In The Sky
  • Islândia – Hatari – Hatrið Mun Sigra
  • Moldávia – Anna Odobescu – Stay
  • Portugal – Conan Osíris – Telemóveis
  • Geórgia – Oto Nemsadze – Sul tsin iare
  • Sérvia – Nevena Božović – Kruna

Recordamos que a Ucrânia, depois de remover o direito de participação no certame a MARUV, a escolhida pelo público para representar o país, retirou-se oficialmente da competição. A artista subiria ao palco para interpretar Siren Song.

Assim sendo, de 42 passam para 41 os países que participam nesta edição da Eurovisão — além da Ucrânia, a Bulgária anunciou no início da temporada eurovisiva que não participaria na competição deste ano.

maruv

MARUV seria a representante da Ucrânia na Eurovisão 2019. (Fotografia: Unian.net)

Quem escolhe a seguir?

No que toca a seleções internas, o mês de março irá ver ainda a revelação do tema da Grécia no dia 6; HolandaSão Marino e Suíça no dia 7; Áustria, Macedónia do Norte, Azerbaijão Irlanda no dia 8; e o país anfitrião, Israel, no dia 10.

Quanto a finais nacionais, a Bielorrússia escolhe a 7 de março e a Suécia leva a cabo a final do Melodifestivalen no dia 9.

Lê também: Portugal está a subir nas apostas para a Eurovisão

Festival Eurovisão da Canção decorre a 14, 16 e 18 de maio de 2019 em Telavive, Israel, depois da vitória de Netta em Lisboa. Os espetáculos irão decorrer no interior do Centro de Convenções da cidade.

Espalha-Factos está a acompanhar o maior evento de música do mundo a par e passo. Acompanha todas as novidades, sempre atualizadas, no nosso site.

Nota: As datas relativas à revelação de artistas e canções por parte dos vários países estão sujeitas a alterações, alheias ao Espalha-Factos.