Morreu Keith Flint. O vocalista dos The Prodigy foi encontrado sem vida esta manhã, na sua casa em Essex, no Reino Unido.

De acordo com um porta-voz da polícia do condado de Essex, as autoridades foram chamadas à casa do músico, tendo sido confirmada a morte de um homem de 49 anos, no local. O tablóide The Sun alega que “a morte não está a ser tratada como um caso suspeito.”

Em 1990, quando os The Prodigy nasceram, Flint assumia apenas o papel de dançarino. Ao longo dos anos, foi emprestando a sua voz a vários singles, nomeadamente Firestarter e Breathe. O álbum da sua autoria que conheceu mais sucesso foi The Fat of the Land (1997).

A banda inglesa, que continuava no ativo e tinha concertos agendados para maio nos EUA, perdeu agora um dos seus membros mais influentes. Da formação original, restam apenas o teclista e letrista Liam Howlett e o MC Maxim Reality.

A última vez que a banda atuou em terras lusas foi em maio do ano passado, no North Music Festival.