Está provado que ganhar Oscars da Academia não significa apenas ter de subir a palco e discursar sobre o filme. Depois da 91ª cerimónia destes prémios, no passado dia 24, o grande vencedor da noite, Green Book – Um Guia Para a Vida (2018), subiu rapidamente ao topo da lista dos filmes mais vistos no mundo.

Na América do Norte, a produção, depois de levar ainda o Oscar de Melhor Ator Secundário (Mahershala Ali) e de Melhor Argumento Original, gerou 4 milhões e 150 mil euros. A subida marca, assim, um aumento de 121 por cento nas receitas feitas nas bilheteiras pela longa-metragem de Peter Farrelly.

Para além disso, ‘Green Book‘, 16 semanas depois de ser lançado nos Estados Unidos da América, a 16 de novembro, acaba de estrear na China, durante o fim-de-semana que passou, onde somou receitas na ordem dos 15 milhões de euros.

Sendo assim, em termos globais, o filme foi expandido para o mercado de 64 outros países, atingindo receitas adicionais no valor de 28 milhões e 130 mil euros.

Feitas as contas, Green Book – Um Guia Para a Vida faturou, fora do país natal, quase 100 milhões de euros, enquanto o consumo doméstico foi de cerca de 66 milhões. A produção, desenvolvida pelas Participant Media e DreamWorks, custou aproximadamente 20 milhões de euros.

Green Book‘ não foi o único a crescer

Homem-Aranha: No Universo Aranha (2018) também bebeu da noite gloriosa. Depois de ter vencido o Oscar de Melhor Filme de Animação, contra filmes como The Incredibles 2: Os Super-Heróis (2018), rendeu quase 2 milhões de euros a mais. O valor junta-se aos 315 milhões e meio de euros que o filme já tinha arrecadado nas bilheteiras de todo o mundo.

A música voltou também aos ecrãs americanos, e Assim Nasce Uma Estrela (2018), estreado nos Estados Unidos em outubro de 2018, teve um empurrão que valeu uma dupla multiplicação (209 por cento) às visualizações do filme de Bradley Cooper, desta vez a partir de casa.

A banda sonora, que valeu um Oscar a Lady Gaga pela canção Shallow, regressou também ao primeiro lugar do top da Billboard.

Em Portugal, Green Book – Um Guia Para a Vida estreou a 29 de janeiro, e ainda se encontra em cartaz pelo país fora, tendo já levado 108 255 espectadores aos cinemas, com uma receita acumulada de 580 784,99 euros.