O projeto dá a conhecer a vida para além do trabalho de nove funcionários da Zara.

Depois de há dias, representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços se terem dirigido à loja da Zara na Rua de Santa Catarina, no Porto, para denunciarem a alegada exploração feita pelo Grupo Inditex aos funcionários da marca, a Zara lança agora um projeto em que os funcionários são os protagonistas. .

Na página de Facebook Inditex Careers, onde foi publicado o vídeo de apresentação do projeto “Eu Sou”, pode ler-se “Em Portugal, há carisma, ousadia e gente feliz! Em 2018, lançamos a Eu Sou em Portugal, um projeto para conhecer melhor as nossas equipas, descobrindo o talento do nosso povo”.

Eu Sou

Em Portugal, há irreverência, carisma, ousadia e gente feliz! In 2018, we launched Eu Sou in Portugal, a project to know our teams better, discovering the talent of our people. Passion moves them: dancers, artists, warriors, entrepreneurs… Their talent inspires us, let it inspire you too!

Gepostet von Inditex Careers am Freitag, 15. Februar 2019

Neste primeiro vídeo aparecem vários funcionários da Zara que mostram o que fazem nos tempos livres: dança, boxe, pintura ou até fotografar. Serão publicados, no total, 10 vídeos, em que cada um deles irá contar a história de cada um dos protagonistas. O projeto começa em Portugal, mas o grupo espanhol promete que irá acontecer também noutros países.
Ultimamente, a Zara tem andado nas bocas do mundo, e não é só por más razões. Recentemente mudou o logótipo e deixou de usar sacos de plástico, em época de saldos, como era habitual.
LÊ TAMBÉM: ARIANA GRANDE É AGORA A MULHER MAIS SEGUIDA NO INSTAGRAM

Foi precisamente na Rua de Santa Catarina, no Porto, que a Zara abriu a primeira loja em Portugal, em 1988. Atualmente, a marca tem mais de 80 lojas em Portugal.